Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Vida

Passeio em família: Sonhos de Natal em Bragança

  • 333

DAVID VAZ

O Pai Natal chega a Bragança este sábado, 1 de dezembro, e com ele transporta, mais do que presentes, toda a magia do Natal até ao centro histórico da cidade. Com as suas longas barbas brancas, é recebido na Praça Cavaleiro Ferreira, pelas 16h30 para depois desfilar, no seu trenó, e assentar arraiais na Praça Camões, em pleno centro histórico, o epicentro de todas as atividades lúdicas programadas para a quadra festiva.

E são muitas as sugestões para desfrutar do Natal junto ao Castelo de Bragança: A começar pela pista de gelo natural coberta, numa extensão de 300 m2, com o seu ‘funtrack’, um corredor de gelo que promete ser fonte de grande diversão. Patinar durante 20 minutos na pista custa €1, quantia simbólica que reverte na totalidade a favor das Associações Humanitárias de Bombeiros de Bragança e Izeda.

Depois de chegar com pompa e circunstância, o Pai Natal instala-se na Casa do Pai Natal que está de portas abertas para acolher cartas e os desejos de miúdos e graúdos. No Mercadinho de Natal, um espaço aquecido para fazer face ao clima agreste da região, sobressaem as iguarias da época, com destaque para o chocolate quente, e também a agenda de concertos que, até dia 6 de janeiro prometem aquecer ainda mais o centro histórico. É aqui que pode ainda assistir a diversos concertos de Natal promovidos por associações locais e admirar o Presépio vivo.

E porque o Natal é das crianças, para elas há uma mão cheia de brincadeiras e atividades: o comboio infantil, a mini roda, o carrossel e os baloiços juntam-se às oficinas de leitura criativa na Biblioteca Municipal, peças de teatro, concertos e exposições.

Para além do emblemático centro histórico de Bragança, o espírito natalício chega a outros espaços, como o Teatro, os Museus, a Biblioteca e o Mercado, onde decorrem concertos, atividades lúdicas, workshops, teatro e exposições.

Quem aprecia desporto pode ainda optar por uma quadra marcada pelas duas rodas: O “Natal a Pedalar Solidário”: um passeio de bicicleta de 10km, com oferta de uma luz led para bicicleta e de barba e gorro de Natal, em troca de roupa ou brinquedos para doar às crianças da Obra Kolping; o “Trail Urbano Noturno Solidário”, uma prova (não competitiva) de 10km (€7) ou a caminhada de 5km (€5), cujas receitas revertem, integralmente, para a Santa Casa da Misericórdia de Bragança, são as sugestões.

O que fazer:
O Castelo de Bragança (Rua do Santo Condestável) à volta do qual se celebra o Natal na cidade, é de visita obrigatória. A fortaleza olha sobranceira a cidade e revela a sua natureza militar cuja história - entre avanços e recuos de diversos povos - se conta também no Museu Militar de Bragança (Rua do Santo Condestável).

Mais virado para a componente cultural e tradicional da região, o Museu Ibérico da Máscara e do Traje (Rua Dom Fernando O Bravo, 24, Bragança. Tel: 273381008) revela as fatiotas usadas em diversas ocasiões festivas, com destaque para o Carnaval. O bilhete custa €1; gratuito para crianças até aos 10 anos.

Onde dormir:
Pousada de Bragança

A recente remodelação trouxe a outrora Pousada de São Bartolomeu para os tempos modernos. A Pousada de Bragança (Estrada do Turismo, Bragança. Tel. 273331493) está mais cómoda, moderna e elegante. Preservou-se o traço do arquiteto José Carlos Loureiro, datado de finais dos anos 50, as tapeçarias, as pinturas e os painéis de azulejos de enorme valor histórico. O resultado, da autoria de dois empenhados irmãos, é enaltecer a cidade - fica mesmo no centro e o pequeno-almoço é servido com vista deslumbrante sobre o castelo e o casario - e a região. Quarto duplo desde €85.

Bela Vista Silo Housing
Apesar de ficar afastado de Bragança, vale a pena a viagem: Os miúdos vão adorar a configuração sui generis deste espaço e a natureza envolvente. Em boa hora decidiram os proprietários rentabilizar dois silos agrícolas abandonados que são hoje quatro habitações completamente modernas, com o horizonte dominado pela Natureza. Acordar com os pássaros e adormecer com o silêncio absoluto são condições não opcionais, que fazem parte do charme desta unidade em Eucísia. As férias em família são especialmente indicadas, mas o espaço presta-se claramente ao romance. Além de tudo, destaca-se ainda a forte vertente ecológica do Bela Vista Silo Housing (Quinta da Bela Vista, 176, Eucísia. Tel. 279463280) desenhado para funcionar com grande sustentabilidade ambiental. Quarto duplo desde €60.



Onde comer:
G Pousada Restaurante

Se quiser juntar o útil ao agradável, aproveite para fazer um roteiro gastronómico pelos sabores transmontanos reinventados num restaurante capaz de aliar tradição e contemporaneidade. O G Pousada Restaurante (Pousada de Bragança, Rua Estrada do Turismo, Bragança. Tel. 273331493), que acaba de conquistar a sua primeira Estrela Michelin, serve-se do cenário fantástico da Pousada de Bragança, com vista para o castelo, para apresentar as melhores experiências gastronómicas que a região transmontana tem para oferecer. Óscar Geadas aprendeu com o tempo, consolidou-se como cozinheiro a ter em conta
muito graças à filosofia de contacto de proximidade com os produtores da região, que lhe levam à cozinha apenas o melhor que a terra dá. Apesar da sazonalidade das cartas, surpreendem sempre a bola de Berlim com queijo e presunto Bísaro ou o Ferrero Rocher de alheira com amêndoa e ouro comestível. Preço médio: €35


Tasca Zé Tuga
A Tasca do Zé Tuga (Rua da Igreja, 66, Bragança. Tel. 273381358) abre cedo e durante o dia nunca diz que não a quem apareça ara comer ou petiscar. Depois de uma olhadela à carta, aproveite o menu do chefe, composto por um snack de boas-vindas, duas entradas, uma sopa, prato primncipal e sobremesa, numa seleção marcada pela irreverência, boa disposição e comida tradicional. O azeite, a vitela mirandesa, o javali e o cordeiro são dignos de especial destaque. Preço médio: €25

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!