Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Vida

Passeio em família: Mil aromas no Parque Ambiental do Buçaquinho

  • 333

É entre Esmoriz e Cortegaça que vive este parque, onde adultos, crianças, animais e plantas convivem em perfeita harmonia. Passear, andar de bicicleta, brincar no parque infantil ou divertir-se a desvendar as espécies da fauna e da flora são algumas possibilidades para um dia divertido em família.

O que antes era uma Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) deu hoje lugar a uma enorme extensão de área verde, onde ninguém se aborrece. A brilhante transformação não se fica pelas árvores abundantes e plantas a aromatizar um jardim peculiar: estendeu-se aos animais que aqui habitam. Há patos, rãs, pica-paus e águias, mas também raposas, ginetas e gaios, que partilham o habitat expandido por seis lagoas.

No total, são 24 hectares de extensão bem animados - o que é especialmente importante se aqui vai passear com crianças. A pé ou de bicicleta (pode levantar uma gratuitamente para passear pelo parque), os trilhos, de terra batida ou de madeira, chegam aos quatro cantos deste espaço que conquistou, pela feliz mudança e integração do espaço, o prémio dos Green Project Awards em 2016 na categoria de “Cidades Sustentáveis”. Para isso muito terão também contribuído as soluções encontradas para tornar o espaço ainda mais sustentável, como os painéis que aproveitam a força do vento e os raios de sol.

Além do contacto com os animais, em geral expontâneo, pode dedicar-se a identificar as várias espécies de árvores plantadas, com predomínio do pinheiro e salgueiro, adivinhar as plantas do jardim aromático, entre alecrim, tomilho, alfazema, anis, cravo do mar, malva, flor de tabaco, manjerona, e balsamita.

Conte ainda com uma torre de observação e mais dois observatórios, um a norte, outro a sul, um espaço multimédia e Centro de Educação Ambiental (Rua do Buçaquinho, Cortegaça, Aveiro. Tel. 800204679) e um parque infantil onde os clássicos baloiços e escorregas nunca falham na hora de entreter.



Experiência orgânica
Faça uma boa pausa faz-se na Cafetaria aqui instalada, bonita em forma e conteúdo. O interessante edifício alberga um conceito que prolonga o bem estar da natureza do Parque para dentro de portas, apostando na comida não só saudável, mas o mais natural possível.

Neste espaço não entram nem batatas fritas de pacote, nem pastilhas elásticas, nem bolos com creme. E não se sente a falta. Em vez disso privilegiam-se os sabores mais naturais, inclusivamente inspirados nas aromáticas do próprio parque. A Sopa de legumes sem batata (€2), os Pregos com queijo da serra (€4.80), as tostas, de estragão com frango (€3,30); de alecrim com presunto (€3,80) e de salsa com salmão (€4,50), além da Buçaquinho, que leva manteiga de amendoim e maçã, em pão de cereais (€2,50) são alguns dos favoritos da casa.


Também há saladas, de salsa com salmão, cebolinho com frango e manjericão com atum (desde €4,5) que ligam bem com o largo cardápido de sumos de fruta, como maracujá, abacaxi e laranja (entre €1,80 e €2); detox, com muitos frutos (e alguns legumes), a €2,70; smothies, como o de banana e chocolate ou o de mel amendoim e maçã (€3). A solo, saem muito os cocktails entre 4,50 e 6,50 e mocktails (sem alcool).
O espaço, que acolhe ao fim de semana concertos e DJs e, uma vez por mês, Jam sessions, está aberto diariamente das 10h00 às 20h00, até às 2h00 à sexta e ao sábado. Para miúdos e graúdos, uma vez por mês - o próximo é em novembro - ao domingo, pelas 11h00, contam-se histórias infantis.

Passear e provar
Se os 24 hectares não forem suficientes, parta à descoberta da zona costeira do concelho em cima de uma bicicleta (ainda emprestada gratuitamente, mediante a apresentação de um documentos de identificação). A Ecopista do Atlântico liga as praias de Esmoriz e Furadouro pela Estrada Florestal ao longo de 10 km.

Porque Ovar é Cidade-Museu Vivo do Azulejo, passeie pela urbe e aprecie os muitos exemplares espalhados um pouco por todo o centro urbano. Pode marcar especificamente uma visita guiada pela "Rua do Azulejo", seguida de experiência de pintura. Organizada pela autarquia de Ovar, está disponível gratuitamente mediante reserva através do tel. 256509153.

Já que está na cidade do famoso pão-de-ló de Ovar, não deixe de o provar. Alguns dos melhores locais são o Pão de Ló de Ovar Cruz (Rua Júlio Dinis, 53, Ovar. Tel. 256587617); ou o Pão de Ló Flor de Liz (Travessa da Quinta, 32, S. João de Ovar. Tel. 256503078).

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!