Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Ostras ou Choco frito? 10 restaurantes imperdíveis em Setúbal

  • 333

Ostras de Setúbal

Jose Luis Costa

Para muitos, a gastronomia setubalense é sinónimo de choco frito e de ostras. Em bom rigor, até poderíamos dizer que os produtos do mar são as figuras de destaque em praticamente todas as cozinhas de Setúbal. Até 14 de outubro decorre o Festival da Ostra, que une várias casas para celebrar este produto. Para ajudar na resposta à pergunta: “Ostras ou choco frito?”, o Boa Cama Boa Mesa apresenta a rota dos melhores de Setúbal

Ostradomus
As ostras são o ex-líbris do Ostradomus, que foi objeto de alterações na gerência a na cozinha. Como não podia deixar de ser, esta casa faz parte da lista de restaurantes que aderiu ao Festival da Ostra e até tem uma Happy Oyster Hour, com cada unidade a custar €1. Na ementa constam as ostras gratinadas (€15) com sabayon de Chardonnay acompanhadas de shot de gaspacho, Ostras al ajillo (€12,50), com gengibre (€12,50) e ao natural (€10). Pode optar pelo menu diário de degustação de tapas para dois. Na carta de vinhos, que descreve as regiões vitivinícolas, destaca-se a Península de Setúbal.
Avenida Luísa Todi, 414, Setúbal. Tel. 265220996

O Miguel
Todos sabem que o melhor choco frito se come em Setúbal, servido às tiras, com molho tártaro ou limão. No restaurante O Miguel, o Choco frito é servido inteiro (€17,50), há cerca de dois anos. A receita é nova na terra e tem tido muito sucesso. As paredes são mais finas e o tempo de fritura é menor, o que torna o choco mais saboroso e natural. Servido com batata frita caseira e salada, este prato é temperado com molho vinagrete a gosto. Há ainda o habitual Choco frito às tiras (€9,80) e especialidades da casa para provar, como Pregado grelhado com arroz de lingueirão (€37/kg) e Salmonete, com molho dos fígados (€42/kg).
Avenida José Mourinho, 16, Setúbal. Tel. 265573332

Espaço Setúbal
A sala do Espaço Setúbal presta homenagem à faina e muitos objetos temáticos, como o mastro do galeão onde navegou o avô do proprietário. A gastronomia deambula pelas tradições mais antigas e pratos esquecidos. Como entradas, há pastéis de polvo, uma salada de chocos grelhados e ainda mexilhões abertos ao natural e regados com sumo de limão. Sem desprimor para o choco frito (€11), já disseminado pela região, José Martins prefere ir ao baú da sua cozinha de memórias e mostrar chocos estufados em azeite e os seus acompanhamentos clássicos, como favas, migas, batatas cozidas e arroz de amêijoa.
Largo José Afonso, 64, Setúbal. Tel. 265548173

Pérola da Mourisca
Já foi um café com minimercado. Quase 40 anos depois é um dos restaurantes emblemáticos de Setúbal, onde se servem bons petiscos, marisco, peixe fresco e bons pratos de carne. A tradição dita a ordem na cozinha e a ementa divide-se entre pratos regionais e do receituário nacional. Nas especialidades da terra, conte com o afamado Choco frito (€7) e Ostras ao natural (€1,60 /unidade). O camarão frito (€41,50/kg) é o mais solicitado pelos clientes habituais. Agora imagine um destes pratos acompanhado por uma bebida bem fresca, enquanto contempla o estuário do Sado, localizado mesmo em frente...
Rua da Baía do Sado, 9, Setúbal. Tel. 265793689

Zagaia Mar
O nome Zagaia é inspirado na arte de pesca artesanal e o peixe de mar pescado à linha é um imperativo na cozinha desta casa no coração de Setúbal, cidade piscatória por excelência. O cliente só terá de escolher a espécie por si mais apreciada e decidir-se entre grelhar no carvão, assar no forno ou entregar nas mãos do sushiman Robin Upahyay, cujo balcão está na esplanada. Já à mesa do restaurante Zagaia, a prova pode começar com uma mariscada. Já na ementa destinada apenas aos petiscos, que é a grande novidade, há mais de duas dezenas para partilhar, como o Mexilhão fresco à Zagaia (€8), o Caranguejo de casca mole (€9) ou Camarão frito à Zagaia (€19). Esta casa junta-se ao Festival da Ostra e a sugestão principal é que prove as Ostras do Sado ao natural (€7/unidade), ou se antes preferir, o Choco frito à Zagaia (€8) é outra especialidade da região.
Avenida Luísa Todi, 510, Setúbal. Tel. 937172255

Leo do Petisco
Em cada restaurante de Setúbal é certo que se vai encontrar choco frito, uma verdadeira instituição no que respeita à gastronomia local, sem grandes artifícios para além do limão que vem na travessa. Nesta casa serve-se desde 1985, acompanhado de batata frita. A fila à porta é um clássico, como o Moscatel da região, de tal forma que foi instalado um sistema de senhas e o anúncio é feito num altifalante. Seja em versão meia dose (€8), para petiscar, ou prato completo (€14,50), o choco frito é o rei na ementa, servido tenro, estaladiço na fritura e sem gordura em excesso. Só à quarta-feira perde o protagonismo para a feijoada de choco (€6,50 ou €10). Para os que gostam de contrariar as multidões, há bitoques de porco (€7,50) e de vaca (€8,50). Tem esplanada coberta.
Rua Direita, 40, Setúbal. Tel. 212744735

Casa Santiago – Rei do Choco Frito
Tal como o nome indica, a especialidade da Casa Santiago - Rei do Choco Frito é este prato (€13), que pode ser servido com batata frita (€2,60), salada (€3,20) ou arroz (€2,50). Situa-se numa das artérias setubalenses, a Avenida Luísa Todi, e apresenta-se como um espaço simples e despretensioso, com ambiente informal e muito português. A fila de espera à porta é constante e, na maioria dos dias, longa. O melhor é chegar cedo para a refeição. Apesar da agitação na sala, o atendimento rege-se na base da simpatia e proximidade. Prove ainda as Amêijoas à casa (€13) e o Camarão frito (€38/kg).
Avenida Luísa Todi, 92, Setúbal. Tel. 265221688

Casa do Mar
Paulo Oliveira trocou a gestão pela restauração e abriu as portas do restaurante Casa do Mar, localizado em frente à doca de Setúbal, em fevereiro de 2012. A vitrina com os peixes do dia, logo à entrada, chama a atenção dos clientes, se bem que a restante carta também é razão para uma vista de olhos demorada. O regionalismo gastronómico é servido com rigor e nas sugestões vai encontrar o tradicional Choco frito, em doses (€16) e meias doses (€9). As lascas de garoupa frita com açorda de ovas e coentros (€14,50) estão na lista das preferências, mas a sopa de peixe (€3,50) não fica nada atrás.
Avenida José Mourinha, 74, Setúbal. Tel. 265409477

Ribeirinha do Sado
A esplanada da Ribeirinha do Sado, em Setúbal, é o local mais agradável da casa. Envidraçada, no meio da cidade, torna-se, mesmo no tempo mais fresco, num local perfeito para uma refeição sem pressas, cheia de sabores regionais. O peixe e os moluscos grelhados em carvão são os mais pedidos. A variedade depende da maré do dia e a escolha nem sempre é fácil. O emblemático Choco frito (€14) é servido, como manda a tradição, com batatas fritas. Nas sobremesas com e sem açúcar, confecionadas pela proprietária, Maria Laura Cipriano, salienta-se a torta de laranja à setubalense (sem farinha) e a pera com geleia de laranja, receita do Convento da Arrábida.
Avenida Luísa Todi, 414, Setúbal. Tel. 265220996

Pinga Amor II - Restaurante Marisqueira
O restaurante Pinga Amor II é uma marisqueira genuinamente portuguesa e os petiscos são as estrelas da ementa. O espaço é bastante simples e o ambiente é fiel ao de uma tasca, a azáfama entre as mesas e uma simpatia muito acolhedora no atendimento. A frescura dos produtos do mar garante o sabor. A ementa tem opções variadas desde o peixe grelhado, como dourada (€8) e carapau (€7,50), às ovas de pescada (€9), ou carnes como Lombinho de porco com fruta (€8,50) e Entrecosto assado no forno (€6,50). É obrigatório pedir uma dose de ostras, já que é especialidade da casa.
Rua Morgado de Setúbal, 61, São Sebastião, Setúbal. Tel. 265525295

Este artigo foi publicado na edição do Expresso Diário de dia 4 de outubro de 2018.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!