Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Rui Silvestre “obrigado” a ganhar duas estrelas no Monte Rei

  • 333

Restaurante Vistas

A transição foi preparada com a calma e o secretismo necessários para que não existissem vazios naquela que é a época alta do resort. Depois de dois anos à frente da cozinha do restaurante Vistas, Albano Lourenço dá agora lugar a Rui Silvestre o chefe que, em novembro de 2015, surpreendeu o universo gastronómico nacional ao conquistar para o Bon Bon, um espaço relativamente desconhecido no Carvoeiro uma estrela Michelin.

Mas, os anos passam e os chefes mudam de restaurantes e apresentam novos projetos a grande velocidade. Foi o que aconteceu a Rui Silvestre que, recentemente, abriu, também como sócio, o restaurante Quorum, um restaurante de experimentação em Lisboa, deixando o seu posto algarvio a Louis Anjos. Mas, agora, nova reviravolta na carreira de Silvestre ao assumir, desde hoje, dia 8 de julho, a liderança do Vistas, o principal espaço gastronómico do Monte Rei Golf & Country Club, um resort na zona interior de Vila Nova de Cacela.

Fora do habitual circuito dos espaços de fine dining do Algarve, o Vistas tem tido dificuldade em afirmar-se. As condições existem, da cozinha à excelente garrafeira, muito liderada por Nuno Pires, grande defensor dos vinhos nacionais. A questão será, essencialmente, geográfica, já que esta zona do Algarve, além de não dispor de hotéis de luxo, fica fora da chamada “Rota Michelin”. Logo, a “massa crítica” necessária a elevar os patamares do restaurante, não existe ou existe quantidade e qualidade suficientes.

Tendo em conta todo este contexto, o próprio resort, cuja base de negócio é imobiliária, apostou num ambicioso plano estratégico de desenvolvimento, que não passa exclusivamente pelo golfe, uma vez que o campo existente é considerado, por muitos, o melhor existente em Portugal. Se hoje existem mais de duas dezenas de villas, classicamente decoradas, muito bem equipadas e com várias tipologias, para alugar, em construção, junto ao club house estão já quatro dezenas de apartamentos de luxo. Mas, esta é apenas a primeira parte do plano, que vai ter continuidade em 2019 com o início da construção de um segundo campo de golfe e também de um boutique hotel, com 65 suítes, e com conclusão prevista para 2022.

Grande parte destas explicações foi dada recentemente aos jornalistas por Salvador Lucena, diretor-geral do Monte Rei Golf & Country Club, que foi mais longe ao assumir que a pretensão do resort é ter, não um, mas dois restaurantes com estrela Michelin. Assim, cabe a Rui Silvestre, o novo chefe do Vistas, trabalhar com o objetivo de, não só conquistar uma estrela para o espaço que agora lidera, mas também, abrir caminho para uma segunda distinção, já no novo hotel.

O anúncio público da chegada de Rui Silvestre e a saída de Albano Lourenço, feita através da página de Facebook da Chef's Agency, foi acompanhado por uma nota de agradecimento do resort algarvio: “O nosso Muito Obrigada ao Chef Albano Lourenço pela sua dedicação e excelente trabalho. Votos de enorme sucesso para estes dois Chefs Portugueses de renome. Bem-vindo a esta maravilhosa equipa Chef Rui Silvestre.” Para implementar o novo menu do Vistas, que vai estar disponível dentro de uma semana, Silvestre delegou a cozinha do lisboeta Quorum a Tiago Emanuel Santos, que deu nas vistas no hotel Areias do Seixo, em Santa Cruz.

Quanto a Albano Lourenço, para já, o objetivo é descansar, para depois avaliar algumas possibilidades entre Lisboa e o Porto.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!