Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Peixe em Lisboa: Top 5 para provar, hoje, no “Dia Económico”

  • 333

Peixe em Lisboa

Apresentações, sessões de showcooking, degustações e refeições assinadas pelos melhores chefes e nacionais e internacionais são o prato do dia entre o meio-dia e a meia-noite, hoje (segunda-feira) com a novidade de o bilhete de €15 dar direito a €12 consumíveis num dos dez restaurantes presentes. Quer isto dizer que se anda de olho num restaurante específico da cidade ou num prato de assinatura desta ou de outra parte do mundo, hoje é bom dia para uma prova a preço de saldo. Basta rumar até ao Pavilhão Carlos Lopes e entrar no Peixe em Lisboa.

Tem o sonho de um dia se sentar à mesa do restaurante londrino Dinner, de Ashley Palmer-Watts, vencedor de duas estrelas Michelin? Anda há meses a tentar uma reserva no Belcanto de José Avillez? Tem o sonho de um dia fugir até à Eslovénia para experimentar os pratos de Ana Ros, eleita eleita Melhor Chefe Feminina do Mundo em 2017 pelo trabalho no restaurante Hisa Franko? A boa notícia é que pode cumprir este “3 em 1” sem sair do Pavilhão Carlos Lopes e, já que está no terreno, aproveitar para conhecer as propostas de outros chefes e restaurantes emergentes que no último ano têm marcado o panorama gastronómico de Lisboa. Tudo com sabor a mar e para comer sem pressa.

Nesta edição do Peixe em Lisboa destacam-se três estreias: Casa do Bacalhau, do chefe João Bandeira (e que o ano passado arrecadou o galardão da Melhor Patanisca de Bacalhau); LOCO, do chefe Alexandre Silva (vencedor de um Garfo de Ouro no Guia Boa Cama Boa mesa 2018), e Mariscador, a mais recente novidade em Lisboa do chefe ribatejano Rodrigo Castelo. A estes juntam-se os repetentes Arola, do Penha Longa Resort, Restaurante Ibo, Kanazawa, agora nas mãos de Paulo Morais, Taberna Fina, o novo restaurante de André Magalhães, Ritz Four Seasons Hotel Lisboa, Kiko Martins e Ribamar, o único restaurante que esteve sempre presente nas 11 edições do Peixe em Lisboa.

E porque as sugestões, este ano, são mais que muitas, traçamos-lhe um roteiro rápido de cinco locais, onde tem mesmo de fazeer uma paragem:

1 - Na Taberna Fina, André Magalhães tem à espera um gaspacho de sardinha (€5), um bao de caranguejo (€10) e umas inusitadas papas de sarrabulho com choco (€8);

2 - O LOCO de Alexandre Silva propõe um caldo de caranguejo com lula e óleo de pimento assado (€6), o peixe do dia (qua varia sempre) com coco e crocante de algas (€10) e um risotto de tinta de choco e vieiras (€8);

3 - Em estreia absoluta em Lisboa, O Mariscador de Rodrigo Castelo leva à mesa o bom petisco de autor com um cevadoto de lagostim e camarão (€9,90), o clássico arroz de lingueirão (€9,40) e o caranguejo de casca mole (€7,95);

4 - A Casa do Bacalhau, honrando o bom nome, fica-se pela matéria-prima que lhe dá fama e sugere a feijoada de bacalhau (€8), o caril de bacalhau com risotto de espargos (€10) e as línguas à Bulhão Pato;

5 - Sergi Arola, vem diretamente do Arola, no Penha Longa Resort, com uma ementa que junta a feijoada do mar, os peixinhos da horta com citrinos (€6), os pastéis de brandade de bacalhau com aioli de fígados de bacalhau fumados (€6) e o ceviche de robalo.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!