Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Vindimas: 10 restaurantes obrigatórios no Douro Vinhateiro

  • 333
Conceitus Winery Restaurant
1 / 8

Conceitus Winery Restaurant

2 / 8

Restaurante Vindouro
3 / 8

Restaurante Vindouro

Quinta da Pacheca
4 / 8

Quinta da Pacheca

Conceitus Winery Restaurant
5 / 8

Conceitus Winery Restaurant

Restaurante Cais da Villa
6 / 8

Restaurante Cais da Villa

Restaurante DOC
7 / 8

Restaurante DOC

Restaurante Toca da Raposa
8 / 8

Restaurante Toca da Raposa

Selecionados a partir da edição 2015 do guia Boa Cama Boa Mesa, siga a rota das melhores mesas da região do Douro.

Ao longo de todo o ano, mas com especial destaque na época das vindimas, o Douro, ou mais precisamente, o Douro Vinhateiro, recebe ainda mais visitantes em busca dos sabores e saberes que tornam esta região única no mundo. A gastronomia e os vinhos são, obviamente, uma das âncoras do turismo no Douro. Selecionados a partir da edição 2015 do guia Boa Cama Boa Mesa, siga a rota de 10 das melhores mesas da região. Restaurantes que merecem uma visita!

DOC (Armamar)
Assume-se como catalisador da modernidade gastronómica desta região. Naturalmente que a localização, na margem do contemplativo rio, é um valor acrescentado para o restaurante DOC. Mas, é à mesa que se percebe o longo caminho percorrido por Rui Paula, o mediático chefe que, a partir daqui catapultou o seu trabalho e deu a conhecer a nova cozinha de Trás-os-Montes. O Ovo a baixa temperatura, cogumelos, aveia e trufas são o prenúncio de uma refeição surpreendente. Na época das vindimas estão agendados diversos jantares vínicos. Cais da Folgosa, EN 222, Folgosa do Douro, Armamar. Tel. 254 858 123

Conceitus Winery Restaurant (Sabrosa)
Premiado e reconhecido internacionalmente, este foi o primeiro winery restaurant da região. O chefe José Pinto seleciona todos os dias os sabores frescos da época para criar momentos gastronómicos exclusivos. Os pratos apresentados no Conceitus Winery Restaurant desarmam pela excelente confeção, simplicidade e honestidade, enraizando-se nas tradições e produtos locais. É dada grande importância às harmonizações vínicas nos diversos menus. Há vinhos de coleção, de território, contemporâneos e uma lista rica em Porto e referências a copo, todas do Douro. Quinta Nova Luxury Winery Hotel, Quinta Nova de Nossa Senhora do Carmo, Ferrão, Sabrosa. Tel. 254 730 430

Cais da Villa (Vila Real)
De um antigo armazém dos caminhos-de-ferro surgiu um enorme restaurante, carregado de cosmopolitismo e requinte. O atendimento de primeira linha à entrada é um ótimo indicador, imediatamente confirmado quando olhamos para a carta do restaurante Cais da Villa, onde se identificam produtos da cozinha tradicional com uma roupagem contemporânea. Exemplos disso são o Lombo de bacalhau cozinhado a baixa temperatura e as Bochechas de porco bísaro com risotto. A sala de jantar é bonita e espaçosa e suavemente iluminada pelos rótulos da garrafeira climatizada. Também pode petiscar. Rua Monsenhor Jerónimo do Amaral (Estação de Comboios), Vila Real. Tel. 259 351 209

Castas e Pratos (Peso da Régua)
Antes de subir para a sala de refeições, vale a pena demorar-se no piso inferior deste restaurante, situado à beira da estação de comboios da Régua. Uma enorme mesa convida à degustação de um bom aperitivo enquanto se contempla as centenas de referências de vinhos. Em cima, satisfazemo-nos perante uma gastronomia que não tem medo de ser feliz, arriscando e saindo vitoriosa. Vence porque sorri para as influências internacionais, da mesma forma como preserva os melhores tesouros da nossa tradição, da açorda de alheira ao premiado cabrito ao vinho do Porto. O excelente serviço de vinho a copo do restaurante Castas e Pratos dá um gosto ainda mais especial à visita. Rua José Vasques Osório, Peso da Régua. Tel. 254 323 290

The Wine House Restaurante - Quinta da Pacheca (Lamego)
Eleito em 2015 como Melhor Enoturismo, pelo guia Boa Cama Boa Mesa, a Quinta da Pacheca aposta num restaurante de referência. A sala é elegante, decorada mantendo o aspeto clássico de um quinta antiga com laivos de modernidade e até de ousadia, por exemplo na decoração, composta por magníficos exemplares de faiança do século XX. Muito apetecível, a entrada composta por um Marmoreado de foie gras e marmelada ácida, redução de vinho do Porto Tawny Quinta da Pacheca e flor de sal. Nos principais, referência para o Naco de novilho sauté, com cogumelo Portobello e risotto de salpicão. Quinta da Pacheca, Cambres, Lamego. Tel. 254 313 228

Cêpa Torta (Alijó)
É uma das referências da cozinha transmontana, mantendo uma qualidade invejável. Privilegiam-se os produtos regionais, devidamente certificados. O objetivo do restaurante Cêpa Torta tem sido aliar as tradições à inovação e a algum arrojo na apresentação dos pratos. Todos os dias há um menu executivo ao almoço. Quem ainda não provou o Bacalhau com broa e o Arroz de línguas de bacalhau, a Bochecha de porco bísaro, o famoso Pudim de azeite com gelado do mesmo e as Canilhas de leite-creme, deve fazer-se ao caminho. E até pode ser que consiga aproveitar um jantar temático ou vínico. Rua Doutor José Bucelas da Cruz, Alijó. Tel. 259 950 177

Toca da Raposa (São João da Pesqueira)
Desde logo, mal se entra neste agradável restaurante, são as garrafas de vinho alinhadas nas prateleiras o que mais impressiona. É uma grande coleção, com a particularidade de ser toda produzida nesta freguesia que é aquela com maior área na mancha do Douro Vinhateiro, Património Mundial. Na carta do restaurante Toca da Raposa surgem igualmente sugestões regionais e familiares, com verdadeiras surpresas, como os Milhos de bacalhau com filetes de bacalhau ou a Massa meada de cabrito. Deixe espaço para a sobremesa e opte ou por um pudim de Tawny Poças Junior, ou por um bolo borrachão. Rua da Praça, 72 A, Ervedosa do Douro, São João da Pesqueira. Tel. 254 423 466

O Tachinho da Té (Tabuaço)
O que salta à vista, mal se entra na sala do restaurante O Tachinho da Té, é a enorme e repleta garrafeira, onde predominam os vinhos produzidos nas margens do Douro. Depois é a vista das serras e da localidade que entram pela enorme janela. Tudo o que aqui se pode provar é típico e tradicional, feito com a única regra que impera aqui e que é a de não adulterar os bons produtos que a natureza oferece. Na época, há uma Açorda de perdiz digna de ser provada; no resto do tempo, conte sempre com Cabrito assado e Posta arouquesa. Fique atento aos jantares vínicos regulares. Rua Conde Ferreira, Tabuaço. Tel. 254 787 082

Vindouro (Lamego)
Assume-se como autores de uma cozinha regional contemporânea, de base mediterrânica, com inspiração no receituário tradicional duriense. Significa isto que o restaurante Vindouro foi beber inspiração ao receituário tradicional, adaptou-o a um tipo de clientela cosmopolita, que cada vez mais visita a região. Localizado no centro histórico, inspirou-se nas encostas do Douro para oferecer uma evocativa decoração das vinhas das redondezas. Oferece serviço à carta, mas harmoniza algumas especialidades em menus de seis pratos, com o vinho produzido na região. O elogio ao rio prologa-se nas sobremesas. Rua Macário Castro, 39, Lamego. Tel. 254 401 698

Terra de Montanha (Vila Real)
Não é preciso sequer começar a comer para absorver o carisma deste espaço. Há mesas dentro de enormes dornas e balseiros, muitos utensílios usados pelas gentes do Douro e Trás-os-Montes e apenas uma amostra das mais de 30 mil dedicatórias deixadas, desde 1998, nas paredes rústicas do restaurante Terra de Montanha. Dinamizado pelo enólogo Rui Fraga, o restaurante Terra de Montanha glorifica a gastronomia regional, onde os presuntos, os chouriços e as alheiras introduzem com mestria iguarias como as Favas à Terra de Montanha, o Joelho da porca e o Bacalhau à moda da casa, que recupera uma receita antiga. Associou-se à carta uma lista vasta de vinhos da região. Rua 31 de Janeiro, 28, Vila Real. Tel. 259 372 075

E Mais!
Inspirações de verão: Conheça os novos hotéis do Douro
Vila Galé Douro: renascer nas margens do rio
Douro: Reviver o passado num comboio histórico

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook!
*Este texto foi escrito nos termos do novo acordo ortográfico.