Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Cama

Quinta da Côrte: Descanso de rei entre as vinhas do Douro

  • 333

Jean-Francois Jaussaud

Começa-se pelo óbvio, aquela vista extraordinária sobre o Douro, que promete perdurar no pensamento. A tranquilidade e a sedutora sensação de isolamento são prémios merecidos, depois de uma espécie de “slalom” vinhateiro. “Deixe-me ajudá-lo com as malas, por favor, a receção da Quinta da Côrte é já ali”. Obrigado.

Começam a aparecer as garrafas de vinho, as grandes telas e uma surpreendente obra de Joana Vasconcelos. Sobe-se a um dos sete quartos (novembro a março: desde €170) e observam-se objetos antigos que já estavam na casa, carpetes artesanais, porcelanas da Costa Nova e a cestaria. Os materiais respeitam a região, as tradições, e ficam ainda mais charmosos com o “toque francês” da decoração.

A sala de estar e a biblioteca são tentadoras, mas aceitamos outro convite: para um chá no terraço, à sombra das árvores de fruto e diante dos incríveis socalcos durienses. A acompanhar, uma fatia de bolo caseiro, que está sempre disponível para consumo dos hóspedes, como o café.

Comprada em 2013 pelo francês Philippe Austruy, a Quinta da Côrte tem 30 hectares (25 de vinha) e iniciou a vertente de enoturismo em 2018. Construiu-se uma adega nova, para vinificar os vinhos de mesa e com uma sala de provas plena de design. A adega velha recebe as uvas para os portos. Marque visitas com provas comentadas (desde €17,50 e até €50). Com queijos, enchidos e compotas, acresce um suplemento de €25.

Depois de conhecer os vinhos, espreite os animais e vá trocar de roupa: espera-o um delicioso final de tarde na piscina... Caminha-se entre as vinhas até avistar um grande sobreiro. Recomenda-se que pare um instante e aprecie este refúgio virado para o Alto Douro Vinhateiro: um pequeno relvado com espreguiçadeiras, cestos com toalhas, chapéus de palha e águas, uma piscina de xisto e alimentada por uma cascata de água da mina, a cair de um lavatório antigo. Adormecer por ali é (mesmo) muito fácil... E se, de surpresa, lhe vierem trazer uma taça de fruta fresca, só porque sim, é o paraíso!

Regressa-se à casa principal e aguarda-se pelo jantar. Na Quinta da Côrte (Valença do Douro, Tel. 964536200) encorajam-se os hóspedes a partilharem as refeições em mesas corridas. Bons momentos para descontrair e escutar outras "estórias". O serviço é atencioso e a gastronomia tradicional tem a orientação do chefe consultor Luís Américo. O sono será, por certo, tranquilo...

Acorda-se com o pequeno-almoço servido na cozinha, onde se descobrem bonitos azulejos nas mesas. Bebidas quentes, sumos e produtos frescos são novos motivos para sorrir. Ainda não se fez o check-out e o desejo é já de voltar.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!