Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Guia de Restaurantes

LOCO

Preço médio €80

1 / 12
2 / 12
3 / 12
4 / 12
5 / 12
6 / 12
7 / 12
8 / 12
9 / 12
10 / 12
11 / 12
12 / 12
Um menu “loco”e único, servido apenas ao jantar marca o regresso de Alexandre Silva. Lisboa merecia um restaurante assim.Estava prometido e, pelas primeiras amostras, já cumpriu! Abriu portas, gerando grandes expectativas, apenas no início do ano, mas desde o primeiro minuto se percebeu que o regresso de Alexandre Silva, em projeto próprio (quem se recorda ainda que ele foi chefe do Bocca?) iria “mexer” com a oferta gastronómica da cidade. Lisboa merecia um espaço assim, desconcertante, ousado e, na verdade, louco. E como de saudável (deve ter dupla leitura) loucura se trata, o restaurante conquistou, quase, de imediato um prémio de… design! A razão de tal distinção é a parede de losangos em cerâmica, ao fundo da sala de jantar, que recria o efeito de um dos ex-líbris da cidade de Lisboa, a Casa dos Bicos. Logo à entrada, também surpreende a oliveira suspensa. Um alerta para os sentidos, porque o jantar está prestes a começar e será único, pela “simples” razão de que os dois menus do LOCO (um de 14 e outro de 18 Momentos, em quatro andamentos) alteram-se de semana para semana, ao sabor dos produtos disponíveis. A cozinha está à vista e é a equipa de cozinha que serve à mesa, dando instruções e explicações. No apoio, o sommelier tenta casar os vinhos com a criatividade de Alexandre Silva. Deixe-se levar, de olhos fechados, pelos snacks, pela celebração do pão, que inclui uma frigideira de molhanga, pelos pratos principais, alguns confecionados na própria mesa, ao vapor, outros levados, literalmente, à boca. Termina-se, após as também surpreendentes sobremesas, com um café especial, feito em balão de vidro. Para alguns, jantar no LOCO foi como ver o mar pela primeira vez…
Contactos
Características
  • 20
  • Segunda-feira
  • Obrigatória
  • Proibido fumar
  • Não
  • 80.00