Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Vida

Aventura: Experiências imperdíveis no mar da Madeira

  • 333

DR

Independentemente da atividade escolhida, a viagem de barco será sempre obrigatória. A Madeira e o Mar não existem um sem o outro e completam-se na oferta turística.

Durante a visita recente à Região Autónoma, disse o Presidente da República que “os olhos do mundo estão colocados na Madeira”, referindo-se ao facto de a Ilha ser atualmente uma das maiores atrações da costa atlântica. Em terra ou no mar, há muito para ver e fazer e nós damos-lhe cinco sugestões para explorar e sugar as mil e uma maravilhas daquela que é oficialmente uma das ilhas mais bonitas do mundo.

Nadar com golfinhos
Observar golfinhos, ainda que lá muito ao longe, é um daqueles fenómenos que, por ser tão raro, concentra dezenas de pessoas à beira-mar, de mão em pala e olhos fixados no mar. Alguém grita “golfinhos!” e está lançada a confusão. Na Madeira, é possível vê-los de perto e até nadar com eles. A Rota dos Cetáceos, empresa de animação turística especializada na observação da espécie, organiza três viagens de barco por dia (08h45, 12h30 e 16h00, com partida do porto do Funchal, que prometem um contacto muito próximo com as espécies no seu habitat natural. O passeio é feito num semi-rígido e tem a duração de 2h30. Crianças com menos de cinco anos não pagam, e entre os 6 e os 11 anos pagam 34,50€. Se optarem por nadar com os golfinhos o bilhete fixa-se nos 43€. Quanto aos adultos pagam 49,50€ para a observação simples e 65€ para entrar no mar. Antes da partida é feito um pequeno briefing com as regras de segurança e comportamento no mar, e são apresentadas as duas espécies que permitem aproximação humana (golfinhos comuns e pintados), de um total de 28 que podem ser observadas em dias de céu limpo e mar calmo.

Cruzeiro a bordo de uma caravela
É na "Bonita da Madeira" uma caravela de 23 metros de comprimento e 99 toneladas, que todos os dias (assim as condições atmosféricas permitam) se juntam 80 passageiros e quatro tripulantes para um cruzeiro ao largo da Madeira. Existem três modalidades de passeio: à sexta-feira são dadas a conhecer as baías da ilha (€45 por pessoa), às terças, quintas e sábados, a caravela passa ao largo das ilhas desertas (€80 por pessoa) e quartas e domingos são dedicados à observação de baleias (€35). A viagem tem almoço incluído e uma série de infraestruturas que permitem desfrutar de um dia a bordo com toda a comodidade. No deck, à proa, há um solário com colchões para banhos de sol enquanto observa a natureza envolvente. À popa viaja-se à sombra, em confortáveis sofás e cadeiras e partilha-se o almoço em mesa corrida.

Desafiar o equilíbrio no Stand Up Paddle
“Seja um nativo, não seja um turista”. Oferecer uma experiência genuína e de conhecimento dos costumes e tradições locais, aproveitando e desfrutando a beleza do cenário, é a missão da Madeira Native Motion, uma empresa que se dedica a organizar atividades em terra e mar, desde surf trips, caminhadas e trilhos, mergulho, passeios de barco ou bicicleta e canoagem. Mais recentemente acrescentou o Stand Up Paddle à oferta e não há dia em que não apareçam dezenas de curiosos a querer tentar a sorte (e o equilíbrio) em cima de uma prancha de surf. Considerada o Havaí da Europa, a Ilha da Madeira dispõe de condições favoráveis à prática de desportos aquáticos, contribuindo muito para o facto os 21ºC de temperatura média anual da água do mar. A experiência Paddle inclui um passeio de prancha ao largo da costa em sessões privadas ou de grupo (a partir de €60 por pessoa) e tem a duração de 2h30.

Conhecer as profundezas do Atlântico
Em pleno Oceano Atlântico, ao largo da Ilha da Madeira, existem várias áreas protegidas de marinas, como a Reserva Garajau, o Parque Marinho do Funchal e as Ilhas Desertas. A topografia marinha da Madeira, caracteriza-se pela ausência da plataforma continental, que permite encontrar grandes profundidades a uma curta distância da costa. São estas características excepcionais que oferecem o privilégio de conhecer a fundo (literalmente) a biodiversidade local, onde predominam grandes peixes pelágicos, mamíferos marinhos e tartarugas. É precisamente essa a função do Explora Madeira, um centro de mergulho especializado nas profundezas da costa atlântica, que disponibiliza aulas de mergulho livre (em apneia) ou autónomo durante uma viagem de barco que acompanha e explica as diferentes espécies de fauna e flora presentes na Ilha. As viagens são combinadas diretamente entre a escola e o cliente e os cursos de iniciação são sempre personalizados (para cada aluno, um instrutor), até um máximo de quatro pessoas por sessão.

Aventura e adrenalina na terra e no mar
O Loko Loko é o companheiro ideal de viagem para quem procura aventura e adrenalina. Se a ideia é passear calmamente pela Ilha, tirar umas fotografias bonitas e descansar para o dia seguinte, pode passar ao texto seguinte. Aqui, nesta empresa que também é casa de alojamento, o plano de atividades é impróprio para cardíacos. Há passeios de jipe mata adentro, experiências de voo em parapente (a partir de €85 por pessoa), canoagem em rápidos, passeios guiados de jet ski, trilhos de bicicletas e, claro, aulas de surf (a partir de €60 por pessoa), com a particularidade de aqui serem apostadas nas ondas grandes do Jardim do Mar e Paúl do Mar. Se há um McNamara escondido dentro de si, tem aqui uma boa desculpa para libertá-lo. E (talvez, quem sabe) ser bem sucedido.

O Boa Cama Boa Mesa viajou para a Madeira com o apoio da Associação de Promoção da Madeira e da TAP Portugal.

(Texto publicado no Expresso Diário de 8/06/2017)

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook, no Instagram e no Twitter!