Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Vida

Peixe em Lisboa 2017: Programa ambicioso em casa nova

  • 333

Ricard Camarena

Prova de Pataniscas, uma aplicação para o telemóvel e uma zona exclusivamente para crianças são algumas das novidades da décima edição do Peixe em Lisboa, que se instala no recém-aberto Pavilhão Carlos Lopes.

O Peixe em Lisboa é conhecido por ser um dos mais emblemáticos eventos gastronómicos portugueses. Uma mostra do melhor que o mar dá e da forma como o peixe e o marisco pode elevar, ainda mais, a gastronomia nacional, ao mesmo tempo, que a projeta além-fronteiras, graças também aos convidados internacionais que reúne na capital. Este ano, entre os dias 30 de março e 9 de abril, o Peixe em Lisboa celebra a sua décima edição no recém-aberto Pavilhão Carlos Lopes, espaço com capacidade para 497 lugares sentados. O local escolhido vem assim permitir um número muito maior de pessoas do que o Pátio da Galé onde decorreram as últimas edições.

Entre as grandes novidades da edição 2017 do Peixe em Lisboa estão uma Prova de Pataniscas, uma aplicação para telemóveis e uma nova forma de pagamento.

Na Prova de Pataniscas, os participantes apresentam a concurso pataniscas cozinhadas à moda lisboeta. Esta prova vem juntar-se a outras já conhecidas dos anos anteriores como o ADN de Pasteleiro e o Melhor Pastel de Nata.

Quanto à entrada (€15 por pessoa - crianças até aos 12 anos não pagam), ao contrário de anos anteriores, onde era utilizado o sistema de senhas, este ano o pagamento passa a ser feito através de cartões de consumo pré-pagos com €6, sendo o pagamento adicional efetuado à saída do evento. Mantém-se o já famoso "Dia económico" (3 de abril), em que o valor da entrada dá direito a €12 de consumo.

Já a nova aplicação Peixe em Lisboa 2017, disponível para IOS e Android vai permitir, de forma inovadora, encontrar toda a informação sobre os detalhes do evento, perfis dos restaurantes e chefes, assim como uma agenda personalizável. Através da ligação ao Facebook o utilizador consegue saber se os seus amigos vão ao evento e ainda localizá-los dentro do pavilhão.

Ainda a pensar nas famílias, esta 10ª edição do Peixe em Lisboa conta com uma área exclusivamente dedicada às crianças, onde os mais pequenos podem fazer experiências culinárias que têm o peixe e o marisco como estrelas principais, assim como aprender a cozinhar com ingredientes frescos.

Restaurantes e chefes de renome
Dos restaurantes participantes a grande novidade passa pela estreia do restaurante Alma, do conhecido chefe Henrique Sá Pessoa, assim como do Boi-Cavalo, um pequeno restaurante “de culto” de Alfama, com a cozinha de Hugo Brito. Paulo Morais, o mais conceituado chefe português de cozinha oriental regressa também este ano ao Peixe em Lisboa com o restaurante Rabo d’Pêxe.

Além destes vão estar presentes os restaurantes A Taberna da Rua das Flores, Ibo, Chapitô à Mesa, de Bertílio Gomes, Ritz Four Seasons Hotel Lisboa, com Pascoal Meynard, Arola do Penha Longa Resort, chefiado por Milton Anes, o Ribamar, de Hélder Chagas e ainda Kiko Martins, chefe de restaurantes como O Talho, a Cevicheria e d’O Asiático.

Como é habitual, o evento conta ainda com a presença de alguns convidados internacionais, como é o caso de Ricard Camarena, um dos mais criativos chefes espanhóis do momento, Alyn Williams, chefe londrino conhecido por ter trabalhado com o famoso Gordon Ramsay, Sergi Arola, discípulo de Ferran Adrià e Pierre Gagnaire, e Felipe Schaedler, do Brasil.

Alguns chefes portugueses que recentemente conquistaram estrelas Michelin não podiam deixar de marcar presença como é o caso de José Avillez, que se volta a apresentar ao público do Peixe em Lisboa depois de alguns anos de ausência, Ricardo Costa do The Yeatman, Milton Anes do Lab/Arola, Rui Paula da Casa de Chá da Boa Nova, Vítor Matos do Antiqvvm e Miguel Laffan do L’AND & Vineyards.

Conheça os preços e programa completo na página do Peixe em Lisboa.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook, no Instagram e no Twitter!