Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Vida

Prémio Carreira 2017: Boa Cama Boa Mesa distingue Evaristo Cardoso

  • 333

Evaristo Cardoso

Luís Barra

Reunido, hoje, em Lisboa, o Júri do Prémio Carreira 2017, do guia Boa Cama Boa Mesa / Expresso decidiu distinguir Evaristo Cardoso, de 75 anos, fundador e proprietário do restaurante Solar dos Presuntos, em Lisboa.

Reunido, hoje (20 de fevereiro) em Lisboa, o Júri Prémio Carreira 2017, do guia “Boa Cama Boa Mesa”, constituído por Francisco Pinto Balsemão (Presidente), Fortunato da Câmara, José Bento dos Santos (que participou por telefone), Paulo Brilhante e Vítor Sobral, decidiu atribuir o Prémio Carreira 2017, do guia “Boa Cama Boa Mesa” a Evaristo Cardoso, fundador e proprietário do restaurante Solar dos Presuntos, em Lisboa.

A 30 de outubro de 1974, Evaristo Cardoso, juntamente com a esposa, Graça, e seu irmão Manuel, naturais de Monção, abriram um dos restaurantes mais emblemáticos da cidade de Lisboa: o “Solar dos Presuntos”. Inicialmente, era uma pequena sala, com lugar para atender seis clientes ao balcão e mais doze à mesa. A boa fama, resultado da excelente cozinha minhota, passada entre gerações, neste caso de sogra para nora, aliada à qualidade dos produtos, que Evaristo Cardoso fazia questão de comprar pessoalmente, deslocando-se frequentemente à sua região natal, elevaram a casa a um estatuto de prestígio, confirmado diariamente pelos inúmeros clientes que preenchem os atuais cerca de 180 lugares do restaurante. Em 2014, para assinalar os 40 anos do Solar dos Presuntos, a família Cardoso, editou o livro “Graça do Evaristo (a) - uma Vida No Solar dos Presuntos”.

“O comer bem e bom pertence à categoria dos afetos. E os afetos implicam que sejamos corteses, afáveis e calorosos. Eis porque quem entra nesta Casa, entra na sua Casa." É desta forma que o restaurante se apresenta ao mundo. Ao mundo, porque a sua notoriedade já é universal. Chegam comensais de todo o planeta, a que se juntam, diariamente, personalidades reconhecidas do mundo da política, do espetáculo e do futebol. As provas estão expostas pelas paredes do Solar dos Presuntos, premiado em 2014 pelo guia “Boa Cama Boa Mesa”, com um Garfo de Ouro.

Em abril de 2007, José Quitério, escrevia nas páginas do Expresso: “Atualizando e consolado, é uma consolação poder felicitar Evaristo Cardoso, sua esposa e antiga cozinheira Maria da Graça, seu filho e sucessor Pedro, o chefe de cozinha José Silva e todos os empregados, proclamando que o ‘Solar dos Presuntos’ ocupa um lugar de honra no restrito roteiro lisboeta dos restaurantes que melhor cultivam os autênticos paladares portugueses.”

Evaristo Cardoso, aos 75 anos, continua a ser presença assídua no Solar dos Presuntos, agora com uma gerência mais ativa do filho, Pedro Cardoso, mantendo os padrões de qualidade a que tem habituado os clientes há já mais de quatro décadas.

O Prémio Carreira “Boa Cama Boa Mesa”, que teve como primeiro homenageado o chefe Vítor Sobral em 2016, é atribuído a uma personalidade que tenha contribuído de forma decisiva para o desenvolvimento e afirmação da gastronomia e/ou da hotelaria em Portugal, com uma vida profissional dedicada a estes setores, e reconhecimento pela comunidade.

O propósito do prémio é prestar homenagem e elogiar, de uma forma pública, uma personalidade que se destaque nas diversas vertentes associadas à “Boa Cama” e “Boa Mesa”. Nesse sentido, Evaristo Cardoso é um exemplo de dedicação à “Boa Mesa”, amplamente reconhecido por todos.

Por decisão do Júri, o Prémio Carreira “Boa Cama Boa Mesa” é atribuído, alternadamente, às vertentes “Boa Mesa” e “Boa Cama”.

A distinção será entregue na cerimónia anual de entrega de prémios do guia Boa Cama Boa Mesa, em abril.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook, no Instagram e no Twitter!