Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Vida

Carvoeiro: Uma nova janela para o mar

  • 333
1 / 6

2 / 6

3 / 6

4 / 6

5 / 6

6 / 6

Depois dos Sete Vales Suspensos, a orla costeira de Lagoa ganhou um passadiço que liga o Algar Seco à praia de Carvoeiro.

Depois dos Sete Vales Suspensos, a orla costeira de Lagoa ganhou um passadiço que liga o Algar Seco à praia de Carvoeiro.

A zona de arribas de Lagoa, no Algarve, é um dos mais famosos postais do turismo nacional e as imagens das suas praias e grutas correm mundo diariamente. Milhares de turistas passam pelo percurso pedonal dos Sete Vales Suspensos (entre as praias da Marinha e a de Vale de Centeanes), com uma extensão de quase seis quilómetros, admirando e contemplando a beleza destas arribas escavadas pela erosão ao longo de milhões de anos. Existem grutas que merecem ser descobertas, caminhos sinuosos, mais ou menos perigosos, janelas para o mar, precipícios de cortar a respiração (o mais alto tem 45 metros) e paisagens únicas, com os diversos tons da água a convidarem a longos momentos de contemplação. O nome deste percurso justifica-se pelas linhas de água que recortam as arribas e que assim dão origem a verdadeiros vales suspensos, acima do nível do mar. O percurso desenvolve-se ao longo de uma linha quase contínua de arribas, apenas interrompida por linhas de água que, na sua maioria, desembocam acima do nível do mar, dando origem aos chamados vales suspensos. Devidamente identificado, o trilho oferece ainda diversa informação sobre esta zona, da história geológica à fauna e flora.

Convite à contemplação

Este verão, a orla costeira ganhou um novo fator de atração: o Passadiço e Trilho entre o Algar Seco e o Forte de Nossa Senhora da Encarnação, na praia de Carvoeiro. Com cerca de 600 metros de extensão, esta construção em madeira permite apreciar a beleza da zona em total segurança e dispõe de diversas zonas de descanso e pequenas bancadas de contemplação. O facto de ser ligeiramente sobrelevado, embora de altura variável, permite suavizar as diferenças de cotas, tornando este passadiço acessível mesmo para cadeiras de rodas. Os mais aventureiros podem seguir os trilhos e, literalmente, entrarem nas arribas, esculpidas pelo tempo e algumas adaptadas pelo Homem.

Tendo em conta as altas temperaturas do verão, o outono ameno do Algarve é uma das melhores épocas para percorrer estes trilhos. Ainda assim, não se esqueça de levar água e roupa confortável e, claro, máquina fotográfica para registar alguns dos segredos que se escondem…

Onde dormir

Existem diversas unidades hoteleiras no concelho de Lagoa, entre resorts, hotéis e aldeamentos turísticos, como o Pestana Palm Gardens, no Vale de Centeanes, com apartamentos e villas a partir de €104 (Tel. 282 350 200).

Onde Comer

Numa das extremidades do Passadiço, mais precisamente junto ao Algar Seco, o Boneca Bar e Restaurante é um espaço único entre as arribas e que dá acesso a uma pequena gruta e duas janelas para o mar. Aqui, o peixe grelhado do dia é a grande aposta da cozinha (preço médio €25), a par de uma interessante carta de vinhos. Aproveite a esplanada. (Tel. 282 358 391)

 

Versão adaptada de texto publicado na Revista do Expresso de dia 20 de setembro.

*Este texto foi escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook!