Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Peixe e marisco para comer a ver o mar

  • 333

Sete marisqueiras de norte a sul que começam a puxar pelos almoços demorados à beira-mar, selecionadas a partir da edição de 2018 do Guia Boa Cama Boa Mesa

A época balnear ainda não abriu mas isso não impede que se comece a sentir aquela necessidade quase vital de estar perto do mar. O tempo ainda não está para banhos? Não. Mas não faz mal, uma boa esplanada virada para o Atlântico, uma boa refeição de peixe e marisco, um par de imperiais estupidamente geladas e está oficialmente inaugurada a silly season (nem que seja só ao fim de semana).

Tasquinha da Linda
É entre docas e armazéns, mesmo em frente ao mar, que se encontra este tesouro gastronoómico. Exclusivamente do mar vem o que chega à mesa da Tasquinha da Linda: peixes e mariscos frescos, confecionados com a mestria que só a experiência confere. Espaço e cozinha autênticos abrilhantados pela simpatia da proprietaária, uma força da natureza que oferece ao restaurante um toque ainda mais genuíno. Preço médio: €25
Doca das Marés A-10, Viana do Castelo Tel. 258 847 900

Marégrafo
Um espaço pequeno, com uma esplanada virada para o mar, mas grande em propostas gastronómicas. Convêm ir com tempo, já que é normal a casa encher, e ter paciência para aguardar pelos pratos, uma vez que é tudo confecionado ao momento. Na carta do Marégrafo encontram-se o arroz de lingueirão, a sopa do caco e a carne, apesar das especialidades serem o peixe e o marisco. Carta de vinhos muito boa. Preço médio: €25 Rua 5 de Outubro, 76, Buarcos Tel. 233 433 150

Aki-d’El-Mar
Os mariscos de qualidade são a razão para o sucesso do Aki-d'El-Mar, casa simples, de coloridos bancos corridos, que tem como vantagem maior o facto de controlar todo o ciclo, da apanha à confeção. Tudo está à vista, cozinha e expositores. Berbigão, amêijoas, mexilhões, lingueirão, percebes, santola, sapateira e camarão cozido são algumas opções, a solo ou em arrozes ou cataplanas. Preço médio: €25
Avenida Manuel Remígio, 8, Nazaré. Tel. 262 551 020

Mar do Inferno
Esta é a casa de Maria de Lurdes (e também dos filhos), que se mantém presente para uma ou outra indicação. Local de peregrinação, sobretudo aos fins de semana, o Mar do Inferno tem a esplanada sempre cheia nos dias de verão. Comem-se as bruxas de Cascais, seguidas de um belo exemplar piscícola ao sal ou grelhado. Para partilhar, a travessa do mar ou a mariscada. Preço médio: €35
Avenida Rei Humberto II de Itália, Cascais. Tel: 214 832 218

Esplanada Furnas
Como não poderia deixar de ser, aqui é o peixe mas também os mariscos que tomam conta da ementa do Esplanada Furnas. Existem variações diárias, mas tudo está à vista no expositor e o grelhador colocados à entrada. Para além da grelha, as receitas de tacho, com peixes e mariscos, são as mais pedidas. Preço médio: €35
Rua das Furnas, 2, Ericeira. Tel. 261 864 870

Azenha do Mar
Este é o restaurante mais concorrido da costa alentejana. Em caso de lotação da sala do restaurante, existe lista de espera, por ordem de chegada. Não é possível fazer previsão do tempo de espera. A razão para tal é a qualidade dos peixes e mariscos. O arroz de marisco ou de tamboril, a feijoada de marisco, a caldeirada de peixe ou as lulas fritas são alguns dos exemplos que se servem na Azenha do Mar, casa, modesta na apresentação e muito grande na oferta. Preço médio: €20
Azenha do Mar, Odemira. Tel. 282 947 297

António Tá Certo
Quando o calor aperta, poucas coisas sabem tão bem como sentir os pés na areia. Na Praia do Garrão, o restaurante António Tá Certo, com quase 50 anos de história, permite aliar esses prazeres ao da gastronomia. Sente-se na esplanada e mande vir as especialidades, tão simples como naturais: peixes grelhados frescos a saberem a mar. Preço médio: €35.
Rua Maria Etelvina Teodósio, M21, Praia do Garrão, Loulé. Tel. 289 396 456

(Texto adaptado do artigo publicado no Expresso Diário de 26/04/2018)

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!