Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Festival gastronómico: em Setúbal, quem tem choco é rei

  • 333

Nunca falta às mesas sadinas, mas nos próximos dias, frito ou noutras deliciosas variações, o choco merece especial reverência em mais de 30 restaurantes de Setúbal

Ir a Setúbal deve ser sempre sinónimo de comer choco frito. À hora da refeição ou do petisco, o cheirinho deste prato, na sua versão original – frito, acompanhado de batatas fritas e com salada ou com pão – sente-se por toda a cidade e convida a apreciar um prato que se confunde com as tradições sadinas.



Tanto, que a urbe lhe dedica um festival envolvendo mais de 30 restaurantes. Em todos, o choco é destacado na ementa, seja na versão mais tradicional, ou noutras deliciosas abordagens: assado com ou sem tinta, ensopado, à antiga, em caldeirada, estufado, ao alhinho e de pitéu, ou acompanhado de feijoada de ovas. Entre 24 de fevereiro e 11 de março, o Festival do Choco 2018 todas estas maneiras de apreciar o petisco setubalense.



Há mais de 30 anos que a Adega Leo do Petisco se dedica a servir "a pessoas de todo o mundo" o prato tradicional. Como não podia deixar de ser, o choco frito (simples, €14,50 para duas pessoas ou com batata frita e salada; €21,50 para duas pessoas) é o que mais sai. Mas todos os dias pode também saboreá-lo estufado, no tacho, ao lado do acompanhamento que preferir: batata frita, cozida ou arroz (€10, para duas pessoas).

A refeição não dispensa um momento doce. Obrigatório, o "Bolo maravilha", especialidade entregue todos os dias fresquinha, pela D. Graça na adega acrescenta novo sabor à tradição.



O Festival do Choco 2018 integra um ciclo de eventos gastronómicos dinamizado pela autarquia. Logo na abertura, dia 24 de fevereiro, o evento gastronómico oferece, pelas 10h00, uma aula de culinária com o chefe José Serrano e, no encerramento, a 11 de março, às 18h00, uma degustação comentada pelo chefe João Antunes. As atividades, ambas na Casa da Baía, são de participação gratuita mediante inscrição, respetivamente até aos dias 22 de fevereiro e 8 de março, pelo Tel. 265 545 010.

A iniciativa parte da Câmara Municipal de Setúbal e Docapesca - com o apoio das empresas Lallemand e Makro - que em conjunto promovem esta tradição gastronómica setubalense ao longo de todo o ano.

Além da Adega Leo do Petisco, participam no Festival do Choco 2018 os restaurantes Ribeirinha do Sado, e o Museu do Choco, entre mais de 30 espaços da cidade.


Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!