Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Café Garrett: Alentejo irreverente no Teatro Nacional D. Maria II

  • 333

Já lá vão dois anos. Leopoldo Garcia Calhau, um arquiteto alentejano que descobriu tarde, mas ainda bem tempo, a sua paixão pela cozinha, instalou-se em 2016 na cafetaria do Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa. O Café Garrett ganhou alma e tornou-se num espaço de referência, com os produtos (comidas e vinhos) alentejanos como grandes protagonistas. Foi estranho para muitos, mas o projeto conquistou os mais desconfiados. Afinal, o Café Garrett não era apenas a cafetaria do teatro, mas antes um espaço com ótimo ambiente, melhor comida e, por vezes, algumas loucuras, preparadas por Leopoldo Calhau e muitos chefes e produtores convidados para almoços e jantares especiais que se transformam em verdadeiras tertúlias gastronómicas.

Hoje, dia 20 de fevereiro, a partir das 20h00, o Café Garrett vai receber mais uma dessas noites, com um jantar a 4 mãos, intitulado “A caça e o Alentejo”. Na cozinha, além do anfitrião, vai estar o também irreverente e jovem chefe do restaurante Basilii, instalado no Torre de Palma Wine Hotel, no concelho de Monforte. Filipe Ramalho é filho de cozinheiros e tem vindo a “inovar na gastronomia alentejana respeitando sempre a sua história e os seus sabores”.

Esta noite, harmonizados com vinhos de Torre de Palma, os dois cozinheiros apresentam um menu de degustação único e irrepetível. Para começar, “Cabeça de Xara e Alhos”, seguido de “Narcejas e Codornizes, Aipo e Grelos”, ambos acompanhados de vinho branco Torre de Palma 2016 (Alvarinho, Arinto e Antão Vaz). Depois, chega à mesa “Pombo, Romã e Mangerona”, casado com vinho branco Torre de Palma 2017 (Alvarinho e Arinto). O menu de degustação de Leopoldo Calhau e Filipe Ramalho entra depois na zona dos pesos pesados da caça: “Javali, Papada de Porco Alentejano e Cenoura”, harmonizado com vinho tinto Torre de Palma 2015 (Touriga Nacional, Tinta Miúda, Aragonez e Alicante Bouschet); e “Lebre, Cogumelos da Serra e Arroz”, que vai á mesa com um Private Collection, tinto Torre de Palma 2011 (Touriga Nacional, Tinta Miúda, Aragonez e Alicante Bouschet).

Para encerrar o menu, que custa €40, por pessoa, a sala do Café Garrett vai poder provar “Arroz Doce Bêbado”, com charutos de Vaiamonte e Pudim de noz da Joana, que será acompanhado por vinho tinto Torre de Palma 2017 (Alicante Bouschet). Reservas através dos telefones: 919489545 / 211933532.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!