Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Bistro 100 Maneiras: a nova carta que saiu do frio, por Ljubomir Stanisic

  • 333

Fabrice Demoulin

Novo horário, nova carta de comidas e novas ofertas de cocktails são as novidades do restaurante liderado pelo mediático chefe Ljubomir Stanisic

O Bistro 100 Maneiras é o restaurante onde melhor se pode tentar apreender este universo “ljubomiriano”, reconhecido entre portas, mas também internacionalmente. Assim, por estes dias e confirmando que a sazonalidade do produto deve ser respeitada e elogiada, o chefe deu a conhecer a nova carta, acompanhadas por algumas mudanças no funcionamento do próprio restaurante, liderado por Ljubomir Stanisic.

Assim, o espaço, que desde a primavera passou a trabalhar todos os sete dias da semana, agora começou também a abrir às 19h00: “são 30 minutos extra, todos os dias, para beber os nossos cocktails, desfrutar de um copo de vinho ou provar as criações de Ljubomir & companhia, na cozinha”, explica o restaurante, em comunicado. A aposta na vertente de bar, que existe desde 2010, foi também reforçada com uma nova carta de cocktails mais invernosos e com “sabores mais quentes, feita com a sazonalidade e a sustentabilidade em mente e com preparações criadas de raiz”, onde não faltam ingredientes como romãs, uvas, castanhas, dióspiros, mas também gengibre e especiarias. Para aguçar a curiosidade, uma das novidades dá pelo nome de “Power nap” (€11), e é feito com Boca do Inferno (a aguardente da “casa” produzida na Quinta de Covela), June, sumo de uva, sumo de toranja, goma de canela e clara de ovo.

Quanto à nova carta do Bistro 100 Maneiras (Largo da Trindade 9, Lisboa. Tel. 910 307 575), a verdadeira razão para toda esta conversa, Ljubomir Stanisic desenvolveu um menu que destaca os ingredientes “da época e a caça e que, como já é costume, vai buscar referências às tradições lusas, sem se deixar prender por elas”. Mantém-se, a divisão ilustrada e sempre criativa das várias secções da carta: “No Picanço” (entradas); “O Resto é Conversa” (pratos principais) e “Final Feliz" (sobremesas), a que se acrescentam uma provocação “Para os Corajosos” e “Top 100”, com os favoritos do chefe. Já se sabe, também, que Ljubomir gosta de surpresas e de surpreender, pelo que, a cada jantar, pode contar com “sugestões baseadas no que o mercado oferece e no que ao chefe apetece. Como se estivéssemos em casa, portanto”.

Nas entradas, a nova carta do Bistro 100 Maneiras apresenta como novidade o prato que ajudou a dar título a este artigo: “Sopa que saiu do frio” (€11), uma receita de origem bósnia com rabo de boi, quiabos e iogurte, que se junta a outras sugestões de Leste, como o já conhecido Burek jugoslavo com queijo e espinafres (€11) e a Tufahija - maçã assada recheada com nozes (€8), que se mantém na lista de sobremesas. “Para os corajosos”, sugere-se “Love Story” (€22), ou seja, mão de vaca e rabo de boi, através da qual, o chefe enaltece as partes menos nobres dos animais, uma das paixões do chefe.

“Bacalhau com outros” (€26), que junta no prato bacalhau, línguas do mesmo, grão de bico e piso de coentros é uma das apostas fortes da nova carta, reforçada com sugestões de caça, como a “Perdida por 100”, composta por perdiz, cogumelos, ovo a baixa temperatura e foie grãs (€31) e “Mr. Bean” (€29), com o javali a ser servido com feijoada e puré de feijão. Mantém-se, clássicos, como o Pappardelle com cogumelos e trufa de Inverno (€27), o Polvo picante com especiarias, açorda negra e puré de cebola (€28) ou o Tataki de entrecôte com torricado, cogumelos e ovo (€27), acondicionado na secção “Top 100”.

Também existem algumas novidades nas sobremesas, com Ljubomir Stanisic a apresentar um trio de respeito: “Pump Queen” (tarte de abóbora com gelado de iogurte), “Livin' la Piña Loca” (ananás, leite de coco, gengibre e sorbet de maracujá) e “É queijo, senhor, é queijo!” (falso queijo com base de biscoito, dióspiros e chocolate em noisette).

Aproveite-se a embalagem para referir que o Bistro 100 Maneiras vai celebrar, em grande estilo o Natal, com um “Menu de Consoada” (€120), composto por vários snacks e seis pratos, onde não faltam as abordagens muito próprias do chefe aos produtos tradicionais da Ceia de Natal, como o “Bacalhau com todos” (Bacalhau a baixa temperatura, puré de grão de bico, ceboletes em pickle, pak choi e ovo roxo fermentado) e o “Cabrito assado” (Perna de cabrito, jus de cabrito, falso ossobuco e puré de aipo fumado), a Aletria doce com sorvete de manjericão e a Rabanada com gelado de iogurte.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram