Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Restaurante Lisboa à Vista: embalados pelo Tejo

  • 333

Ancorado na baía do Seixal, um cacilheiro de 1925, foi transformado em restaurante flutuante. Embarque nesta proposta, embalado pela vista e pelas águas calmas do rio Tejo

A experiência começa antes de entrar no restaurante, ao descer o passadiço que une terra firme ao cacilheiro, onde está instalado o Lisboa à Vista. O almoço é no piso de cima, deste navio datado de 1925 e com muitas histórias de travessias para contar. De um lado, como o nome do restaurante indica, Lisboa está à vista. Do outro, a baía do Seixal compõe a paisagem. Ao almoço, a luz do dia permite ver em detalhe as duas margens do rio Tejo. Ao jantar, são as luzes dos edifícios que dão brilho à vista.

A especialidade do restaurante Lisboa à Vista é o bacalhau e as sugestões passam pelo Bacalhau com crosta de broa de milho e coentros (€14), servido numa cama de espinafres e acompanhado com batata a murro, e o Lombo de bacalhau confitado com puré de grão-de-bico e espinafres salteados (€16,50). Quem não for adepto deste peixe, pode optar pelo clássico Polvo na brasa com batata a murro (€16), ou seguir para a secção das carnes, com o Filet mignon de porco Ibérico com molho de coentrada (€14,50).

Enquanto aprecia a vista e a decoração do restaurante Lisboa à Vista (Cais da Mundet, Baía do Seixal, Seixal. Tel. 927 549 107), consulte as propostas iniciais da carta, com destaque para o Folhado de alheira de leitão (€8), o Mexilhão em molho de tomate (€8,50) e o Foie Gras a baixa temperatura com cebola confitada (€9,50).

Cheesecake com redução de baunilha (€4) é a sobremesa mais procurada, mas numa passagem pelo restaurante Lisboa à Vista é quase obrigatório provar o Pastel da Fidalga (€1,50) e conhecer a história que fez nascer esta doce proposta. Reza a lenda que no século XIX uma rapariga de famílias ricas foi aprisionada pelos pais na Quinta da Fidalga (associada ao irmão de Vasco da Gama, que aqui se estabeleceu para acompanhar a construção das caravelas), por querer namorar com um rapaz boémio e sem fortuna. A cozinheira da casa, ao ver o coração destroçado da fidalga, preparou um pastel, feito à medida, para adoçar o seu espirito. Assim nasceu o Pastel da Fidalga.

Para terminar, a equipa do restaurante, que também é bar, aconselha a que prove um Desabafo - vinho licoroso do produtor Xavier Santana (€3) - e que se delicie com a mensagem inscrita na garrafa. Em alternativa, suba até à esplanada, no cimo do cacilheiro, e desfrute de um Moscatel Roxo (€5).

Com quase 100 anos de histórias, o cacilheiro que serve de casa ao restaurante Lisboa à Vista já navegou, vezes sem conta, entre as duas margens do Tejo. Agora, serve almoços e jantares na baía do Seixal mas, nem só de memórias se escreve a história deste cacilheiro. Ainda hoje, são muitos os turistas que por ali passam, com malas e mapas, à procura de um bilhete até Lisboa...

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram.