Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Ponte de Lima: “Presos” aos petiscos da Casa da Terra

  • 333

A antiga Cadeia das Mulheres de Ponte de Lima foi transformada numa loja rural e petiscaria, que junta às artes, os melhores sabores da região

De antiga Cadeia das Mulheres a casa de petiscos e loja de produtos regionais. Este foi o feliz percurso de um curioso edifício vizinho do rio, em Ponte de Lima. Os pequenos canteiros à volta da esplanada da Casa da Terra trazem de volta memórias dos pátios de família. Produzem ervas aromáticas usadas na preparação de alguns petiscos. Entra-se e salta à vista a dinâmica do espaço. No rés-do-chão, o teto em abóbada, as mesas de madeira, os vinhos ao fundo, os presuntos pendurados e peças de artesanato para venda. Elementos diferentes em diálogo tranquilo... Ao cimo das escadas há outra surpresa... Um grande anfiteatro, que tanto pode receber música, como dança, show cookings com chefes convidados, conferências, apresentações de produtos ou acolher, simplesmente, quem preferir petiscar num local diferente.



O espaço é gerido pela Minhofumeiro – Enchidos e Fumados à Moda de Ponte de Lima. Abriu em 2016 e parte do seu mobiliário e peças de decoração foram produzidas por reclusos dos estabelecimentos prisionais de Viana do Castelo, Custóias e Paços de Ferreira. O enorme candeeiro do anfiteatro, criado por Madalena Martins, foi totalmente fabricado por reclusos. Colaboraram ainda utentes do GAF - Gabinete de Atendimento à Família de Viana do Castelo, que deram forma às 500 chouriças de papel (neste particular, espreite também o teto da casa de banho...). A iniciativa pretendeu “envolver os reclusos num projeto social e valorizá-los”, comenta António Paulino, da Minhofumeiro.



A Casa da Terra (Passeio 25 Abril, Antiga Cadeia das Mulheres, Ponte de Lima. Tel. 258 941 040) não serve apenas de montra aos enchidos e fumados da Minhofumeiro. Promove o que de melhor se produz no concelho: carnes, vinhos, queijos, mel, compotas, legumes, fruta, pão e doçaria. Delicie-se com a seleção de petiscos... Tem Azeitonas a Murro (€2,50), Cogumelos Biológicos Recheados (€4), Ovos Mexidos Casa da Terra (€5), Chouriça de Carne Assada com Broa (€6), a excelente Esfera de Alheira revestida com amêndoa torrada (€3,80) e o Chouriço de Cebola com Broa frita e Puré de Maçã (€3,80).



Continue a explorar a carta e descubra a Sandes d’ Alguidar, com a carne de porco temperada em vinha d'alhos, com barriga fumada (€6,50), o Hambúrguer de Alheira (€6,80), o Hambúrguer Casa da Terra (€7,80) e o Prego da Cadeia, que leva carne minhota com barriga fumada e queijo em pão de lenha (€6,80). Há ainda várias combinações de tábuas. As pequenas servem desde €4 (Tábua de Enchidos com Broa) e as grandes chegam a €7,50 (Tábua de Presunto com Broa e Tábua de Queijos e Presunto com Broa). Nas saladas, destaca-se a Salada da Horta (€6,80).



Para harmonizar, a grande aposta são os vinhos verdes da região - brancos, tintos, rosés e espumantes. Adega de Ponte de Lima, Casa do Barreiro, Vinhas da Agra e Lethes são alguns dos produtores. Contam-se quase duas dezenas de referências servidas a copo (desde €2). Pode também optar pela sangria Casa da Terra (copo €2,50 / jarro €12) e pela cerveja artesanal Casa da Terra (copo €2,90).

Com tanta oferta e aconchego, é (mesmo) muito fácil esquecer-se que o tempo voa...

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!