Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Mèm: o restaurante do Samuel agora também é “do Best”!

  • 333

Dividiu-se o panorâmico restaurante algarvio. Um Gastrobar partilha agora as atenções com a sala principal. A carta de verão mostra que equipa que ganha, altera-se sempre para melhor

Já se sabia que no Mèm Restaurante, nos arredores de Loulé, abunda criatividade. Sabe-se também que da cozinha, liderada por Samuel da Rosa, saem algumas das mais expressivas criações gastronómicas do Algarve, consistentes ao longo dos pouco mais de dois anos de portas abertas. Sabe-se também ser este um espaço difícil, longe do mar, mas com vista para o vale de Loulé e para o oceano, ao longe, que aos poucos se impõe, e que começa a tirar os clientes das areias da praia para que comecem a subir à serra do Algarve.

A cozinha de Samuel da Rosa deu nas vistas muito cedo. Disse-se em tempos que “Vale “mèm” a pena experimentar” e confirmou-se a grande forma do chefe quando começou a abrir as portas da cozinha e a dividir os tachos com Noélia Jerónimo, quando chegaram “os Filhos do Mar”. Mas no Mèm Restaurante há tudo menos conformismo, e aquela que chegou a ser anunciada, a 1 de abril, como a “Grande Mentira”, acabou por ser mesmo verdade, e hoje, já não é só a cozinha de Samuel que justifica uma vista, há, duas, ou melhor, quatro razões para ir a Loulé.



Hoje, em pleno verão, com temperaturas escaldantes, o Mèm está dividido. Quebrou-se um “mito urbano” da cozinha nacional e assiste-se ao regresso de Joe Best a um restaurante, ao lado de Samuel da Rosa. Mas foi ainda mais longe esta, afinal, “grande verdade”. A dupla de cozinha, com a imprescindível companhia de Beatriz Orta Lozano e de Ana Rosa Besteiro transformaram, ou melhor, dividiram o Mèm Restaurante fazem do espaço um local incontornável de criatividade e sabor.



Agora, além da sala principal que proporcionava um dos melhores cenários para jantar no Algarve, no Mèm Restaurante há um Mèm Gastrobar, para que em vez de uma, haja duas experiências gastronómicas únicas no mesmo espaço. Como afinal de contas é de comida que se fala, e é isso que interessa, há também duas propostas, sempre em mutação, não fossem este quarteto pelo de criatividade e inconformado com cartas fechadas, procurando sempre mais uma combinação, outra apresentação estética e, até, outro atrevimento.

Esquecendo o serviço à lista, há um novo menu de degustação, com 12 momentos (€70) disponível no Mèm Restaurante. Para surpreender serve-se “Arroz de polvo azul e ouriço do mar”, “Iogurte de morango com pedaços”, de beterraba, queijo azul, carabineiros e sal fumado, “Polvo, queijada de cenoura molho indiano e torresmo” e ainda uma “10 construção do bacalhau com natas versão 2.1.1”.

O “Gambão a duas temperaturas, caril com chocolate branco e gruet de cacau” é o momento que se segue no menu do Mèm Restaurante, seguido por “Ravióli de tagarnina e baunilha dos bosques da suiça, creme de míscaros”, “Tártaro de Rubia Gallega maturada em CRF, semente de bouchanania, parmantier de amarguinha” e “Bacalhau fumado, pêra e gengibre, broa e sea finger”. A refeição, perdão, a aventura, continua com “Macarron de pistacho mousse de fígado de porco ibérico e caviar blanc”, com uma “Pré-sobremesa”, com “Cataplana no cone” e com a final “Sobre-a-mesa”. Pode ser encurtada esta proposta para nove momentos (€50).



No Mèm Gastrobar (Alto Do Relógio, Goldra, Loulé, Tel. 964568373) prepare-se para ser surpreendido com um “Chuletón Maturado, Barrosã Rubia Gallega”, com o “Entrecote Wagyu” e com uma “Grãozada de albacora”. Há ainda “Preguinho em pão de vapor”, “Ovo ou a Galinha” e “Lula Caril e folha de arroz”. As tapas oscilam os preços entre os €7 e os €10, se preferir ficar “Nas mãos dos Chefs" prove cinco tapas (€25) e prepare-se para uma experiência única no Algarve.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!