Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Restaurante La Gondola: Adeus, até ao meu regresso!

  • 333

O mais antigo restaurante italiano de Lisboa fecha portas dia 6 de agosto. Mas pode voltar em breve, noutra localização. A vivenda da Avenida de Berna vai ser transformada na sede de um banco.

O restaurante La Gondola abriu as portas em 1941, na altura numa das muitas vivendas da Avenida de Berna, em frente aos jardins da Fundação Gulbenkian. Surpreendeu a alta sociedade de então, a única que frequentava restaurantes em plena época da Segunda Guerra Mundial, com um serviço requintado e com uma carta repleta dos mais refinados pratos de cozinha italiana. Aos poucos, o betão foi conquistando a avenida e as vivendas deram lugar a prédios, com vários andares de altura, Mas, no pátio do número 64, quem crescia era a buganvília, enrolada numa roseira.

Subiram os poucos degraus do restaurante La Gondola (Avenida de Berna, 64, Lisboa. Tel. 217 970 426) várias gerações de lisboetas. A sala foi palco de romances entusiasmados, de anúncios solenes e outros mais trágicos, de encontros afastados dos olhos dos demais. Sempre com a descrição que se impõe a um restaurante com tantos anos de história, sempre na companhia da melhor comida de inspiração italiana. Dias infinitos de história, milhares de refeições servidas que agora chegam ao fim. Este domingo, dia 6 de agosto, o restaurante La Gondola fecha portas. Em breve será demolido para dar lugar à nova sede de um banco nacional.



Por estes dias, como se de um ato de contrição gastronómico se tratasse, foram muitos os clientes que decidiram regressar ao La Gondola. Tantos, que as mesas encheram-se várias vezes, a alegria regressou ao colorido salão, as memórias desfilaram à sombra do arvoredo no pátio onde os vícios entre pratos se apaziguavam. A indignação pelo encerramento deste espaço, bem como pela destruição do imóvel foi tal que até uma petição se lançou de modo a que se mantenham as pedras sobre pedras do edifício projetado em 1928, por Júlio Salustiano Rodrigues.



Pouco poderá ser feito para salvar o restaurante La Gondola da destruição total. Mas, nem tudo estará perdido, uma vez que pelo menos sete dos oito funcionários da casa estão dispostos a perpetuar o nome do restaurante, desta vez para os lados da Rua de São Bento, também em Lisboa. Será então expectável que a cidade não perca à mesa propostas como o “Scalopine Valdostana com arroz de champignons”, “Entrecote aux champignons”, “Bisteca Fiorentina com polenta”, “Emincê de porco com rosti”, “Saltimboca à Ticino”, “Rim salteado”, “Costeletinhas de cordeiro grelhadas”, “Lombo de novilho grelhado” e “Entrêcote de vitela Casa Nostra”.

Júlia Ribeiro, gerente do La Gondola, não confirma a abertura de nenhum “La Gondola II”, pela simples razão que é impossível repetir este restaurante num outro espaço. Até domingo, ao almoço, ainda será possível perceber porque razão há tanta nostalgia por este restaurante. Depois será tarde demais...

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!