Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Red - We Like It Raw ou o rosbife servido num contentor

  • 333

Quando a carne assada e o carpaccio se encontram a meio caminho, acontece o rosbife, uma especialidade inglesa que exige técnica e mestria na confeção. Há dois espaços em Lisboa (e um em Cascais) para provar esta carne no ponto.

No Reino Unido, rosbife é prato de almoço de domingo. Serve-se quente, mal passado sempre que possível, e acompanhado de batata, legumes assados e pudim de Yorkshire.

Dos fornos britânicos para os pratos portugueses vai uma longa distância e por cá ainda não nos habituamos à designação e continuamos a definir a iguaria como uma simples “carne assada”, cortada em fatias generosas quase sempre, por costume demasiado passada e, geralmente, acompanhada dos clássicos batata e arroz, aos quais lá podemos ir juntando uns verdes para equilibrar. Portanto, muito pouco que ver com o roast beef tradicional. Não faz parte da nossa história gastronómica e, verdade seja dita, poucos o sabem confecionar como manda a tradição inglesa e embora Jamie Oliver tenha batalhado muito na ideia de “rosbifizar” a Europa, a verdade é que não é nada fácil atinar com a receita.

O segredo, diz o chefe, é deixar as fibras da carne assentar, o que implica deixá-la a descansar durante pelo menos meia hora depois de pronta e, só depois, fatiá-la bem fininha para apreciá-la tenra. Parece fácil dito assim.

Não é nada fácil, dizemos nós. Mas, existe quem domine a técnica de olhos fechados e consiga entregar sempre o rosbife no ponto. A marca Red - We Like it Raw, estacionou em Lisboa para provar que é possível comer rosbife no ponto sem ter de esperar meio dia pela carne. Com dois contentores em sítios estratégicos da cidade, um em Santos, no Largo Vitorino Damásio, e outros nos Prazeres, no largo em frente ao cemitério, encontra-se carne de alta qualidade e seis variedades de sandes caprichadas que juntaram o melhor da tradição britânica com alguns pozinhos de Portugal para criar uma ementa muito competente e própria para carnívoros.

Sem grandes avarias, a Red junta o rosbife com molho gravy, aquele molho em que os ingleses adoram afogar a carne (€4,90), e é logo a primeira da lista que se vai apresentando num crescendo de sabores, passando pelo foi gras, camarão e queijo da Serra, até culminar naquela que é a vencedora indiscutível da ementa: a Bacon & Egg que, como o nome indica, junta bacon, ovo, queijo cheddar, malagueta e molho gravy (€5,90). Há ainda duas opções de rosbife no prato, uma acompanhada de pudim Yorkshire, outra mais leve, com cuscuz, queijo feta, rúcula, amêndoa e romã (€8,90).

Recentemente a marca estendeu-se às grandes superfícies e abriu um espaço no CascaisShopping, cumprindo a meta de negócio a que os dois sócios se propuseram, de inaugurar uma novidade a cada seis meses. Daqui a meio anos voltamos a falar.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!

  • Aljezur: O que se come de novo a Sul

    Cozinha da América do Sul, produtos biológicos, peixe fresco da costa e muita fruta. Aljezur ganhou novos sabores e virou-se (ainda mais) para a comida saudável. Haja praia e sol para acompanhar e não fica a faltar nada