Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

A Cantina Peruana do Bairro do Avillez

  • 333

Photographer: Bruno Calado

Há cozinha peruana contemporânea assinada pelo chef Diego Muñoz, mas com ingredientes portugueses. Há ainda um Pisco Bar e a ajuda de José Avillez em dar às propostas peruanas, um gosto mais nacional

Não para de crescer o Bairro do Avillez em Lisboa. A juntar à mercearia, à taberna, à manteigueria, ao Páteo, e ao Beco, o Cabaret mais exclusivo da cidade, abre agora, no primeiro andar a Cantina Peruana, com cozinha peruana contemporânea assinada pelo chefe Diego Muñoz, com alguma influência de ingredientes portugueses. Abre também um Pisco Bar, que pretender que venha a ser o melhor da cidade. A Cantina Peruana, é um estreia absoluta no universo Avillez, uma vez que é a primeira vez que o premiado chefe representa um chefe estrangeiro. Diego Muñoz e José Avillez tinham esta vontade em desenvolver um projeto em conjunto desde que trabalharam juntos na cozinha do El Bulli, mas só em 2016, é que começaram a dar forma a este conceito.

A carta da Cantina Peruana foi criada por Diego Muñoz, chefe executivo do restaurante, com a colaboração de José Avillez, que deu uma ajuda, por exemplo na seleção do peixe português mais adequado aos pratos e elucidou Diego Muñoz sobre o gosto dos portugueses. Habitualmente á frente dos tachos vais estar Yuri Herrera, um chefe peruano com quem trabalha há vários anos. Amante de ceviche, esteve até Janeiro deste ano no prestigiado restaurante Astrid & Gastón, em Lima, onde ocupava a posição de subchefe de cozinha.

Diego Muñoz dividiu a carta da Cantina Peruana em 6 mundos: Mundo Cru e Frio: Costa Peruana, Mundo Brasas: Ruas de Lima, Mundo Frituras: Cantina Peruana, Mundo Andino: Cultura Milenar, Mundo Wok: Peru China, e Mundo Doce: Costa, Serra e Selva. Desta forma, apresentam se à mesa as diferentes técnicas, influências e ingredientes que coexistem na cozinha peruana e que contribuem para que seja tão rica e diversa. Todos os pratos são para partilhar.

O “Mundo Cru e Frio: Costa Peruana” reflete a forte ligação dos peruanos ao mar e inclui ostiraditos e os ceviches, os pratos mais emblemático do Peru. O “Mundo Brasas: Ruas de Lima” remete para os sabores e aromas dos grelhados preparados na rua que unem os peruanos em torno do convívio e da comida. No “Mundo Frituras” encontram-se os típicos fritos acompanhados com molhos que os peruanos costumam partilhar.

Já o “Mundo Andino: Cultura Milenar” reflete a convivência entre os peruanos dos Andes e a natureza e inclui pratos com produtos que a Mãe Terra, Pachamama, cria e preserva. No “Mundo Wok: Peru China” há pratos de arroz cozinhado no wok que resultam da influência da comunidade chinesa no Peru. Finalmente, o “Mundo Doce: Costa, Serra e Selva” inclui sobremesas que resultam da tradição peruana e da confluência das culturas inca e espanhola. É o caso do Sorvete de Pisco Sour, a sobremesa mais fresca da Cantina, do típico Torrão de Anona ou da Mousse de Chocolate Peruana.

Mas qualquer experiência na Cantina Peruana tem de, obrigatoriamente, começar pelo Pisco Bar. O Pisco é uma bebida espirituosa produzida no Peru desde o século XVI, pode ser apreciada pura ou em cocktails e é perfeita para acompanhar a gastronomia peruana. A partir de hoje serão servidos cocktails realmente especiais, que combinam cor, frescura, sabor, tradição e criatividade. Estão organizados em 4 mundos: Los Sours, que são os cocktails mais tradicionais e famosos do Peru, os Chilcanos, que na sua base combinam Pisco Acholado e Ginger Ale, os Exploradores, onde se inclui um aperitivo com ginjinha em homenagem a Lisboa chamado “Capitão Lisboa”, e, finalmente, o mundo Outros Peruanos em Portugal, com uma seleção de gins, runs e pisco.

O design de interiores da Cantina Peruana foi concebido por Ana Anahory e Felipa Almeida a partir de um conceito proposto por José Avillez e Diego Muñoz. As cores alusivas à cultura peruana e uma instalação com peças artísticas inspiradas no mar (da autoria de Cátia Pessoa do Estúdio Caulino), caracterizam a decoração do espaço e sugerem que o peixe é um dos principais sabores da Cantina.

Aberto apenas ao jantar, das 19h00 às 24h00, durante a semana e aberto para almoço das 12h30 às 15h00 e para jantar das 19h00 às 24h00 aos sábados e domingos, fica na Rua Nova da Trindade, 18, Lisboa. Tel. 215 842 002.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook, no Instagram e no Twitter!