Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Restaurante Cozinha da Clara: O Douro com assinatura da Quinta de la Rosa

  • 333

Homem Cardoso

Depois da nova loja e sala de provas, a conhecida propriedade duriense aposta agora num restaurante cheio de memórias, nas paredes e no prato.

O novo restaurante, que completa toda a já larga oferta de enoturismo da Quinta de la Rosa, é um espaço de homenagem. Ou melhor, de homenagens, já que aqui se presta tributo, em primeiro lugar a Claire Feuerheerd, avó da atual coproprietária, Sophia Bergqvist, em segundo às suas receitas e, em terceiro, ao Douro, na sua plenitude que, obviamente, inclui história, cultura, paisagem e vinhos, muitos vinhos!

Para contextualizar, recorde-se o que ficou escrito no guia “Enoturismo | Wine Tourism by Boa Cama Boa Mesa | Expresso 2016” sobre a Quinta de la Rosa: “De portas abertas aos visitantes desde 1985, a quinta inaugurou, recentemente, uma nova sala de provas e loja de vinhos. Com uma rasgada janela sobre o rio Douro, o novo espaço situa-se à entrada da propriedade vitivinícola. Com 55 hectares, a quinta está nas mãos da família de Sophia Bergqvist desde 1906. Produtora de vinhos do Douro e Porto, azeite e vinagre de qualidade superior, organiza visitas à adega e diversas provas de vinhos".

Atualmente, a vertente de alojamento dispõe de de 15 quartos e suítes (desde €135) e ainda duas casas independentes: a Casa Amarela, com cinco quartos, que podem ser alugados isoladamente ou a casa por completo; e a Casa de Lamelas, com três quartos, mas que apenas pode ser alugada como casa independente.

Feitas as apresentações desta propriedade duriense situada no Pinhão, em pleno Douro Património Mundial da Humanidade, afamada produtora de vinhos do Porto e do Douro é hora de entrar no novo restaurante Cozinha da Clara, localizado mesmo à entrada da quinta, num espaço originalmente construído para ser um armazém de vinhos. Explicam que identidade gráfica do logótipo do novo espaço reporta para a caligrafia de Claire Feuerheerd (1906-1972), a quem a Quinta de la Rosa foi oferecida como presente de batismo. Hoje, é a neta, Sophia Bergqvist, quem dirige os destinos da propriedade e, por essa razão, o restaurante é uma clara e sentida homenagem familiar. Mas, existem um detalhe, que ganhou importância maior neste restaurante: “Famosa pela sua generosidade e hospitalidade, Claire tinha um gosto nato pela cozinha. Inspirada por grandes nomes da gastronomia, deixou um legado que a família está apostada em eternizar”, precisamente, através do restaurante Cozinha da Clara.

Conhecedores da matriz gastronómica duriense, o chefe de cozinha, Pedro Cardoso, e o chefe de sala, Pedro Esteves estão apostados em servir uma “gastronomia de raiz portuguesa, privilegiando produtos locais e sazonais, mas complementada e sem esquecer a herança gastronómica da família, com pratos do receituário da avó Clara”.

Assim, nas entradas vai encontrar desde a Tradicional sopa de cebola com crocante de moira e fio de azeite (€5,60) até à Chamuça de Sardinha com compota de pimentos vermelhos e mescla de alfaces (€6,20). Seguem-se três opções de peixe, entre as quais Corvina corada com puré de couve-flor caramelizado e legumes (€20,50) e Polvo grelhado, migas de brócolos e molho de pimentos (€23). Nas carnes, a carta segue com outras três possibilidades: Tradicional cabrito assado com batatas e grelos (€24), Lombelo de porco com milhos transmontanos e ervilhas de quebrar (€19,70) e Frango corado com cogumelos salteados e batata com ervas (€19). Para finalizar, com sugestões de harmonização com vinhos do Porto da Quinta de la Rosa, sugere-se, como exemplo, o Parfait de leite-creme queimado (€6,30). Existe também uma tentadora Tábua de queijos e compotas regionais (€10,90).

Em quinta produtora de fama mundial, a ementa é complementada com uma carta de vinhos criteriosamente escolhidos pelo enólogo da casa, Jorge Moreira, em que os rótulos da Quinta de la Rosa têm lugar (óbvio) de destaque, ainda que existam muitas referências, como os vinhos Passagem, que Sophia e Jorge produzem na Quinta das Bandeiras, no Douro Superior.

Na bonita zona interior, com 50 lugares, ou no magnífico terraço “em cima” do rio Douro, o restaurante Cozinha da Clara funciona todos os dias, ao almoço e ao jantar, existe igualmente a possibilidade de percorrer, fora de horário, uma interessante carta de petiscos, onde não faltam a Salada de polvo com pimentos (€8) e as Esferas de alheira recheadas com queijo da Serra (€6). Em breve, o restaurante Cozinha da Clara (Quinta de la Rosa, 215, Pinhão. Tel. 254 732 254) vai também apresentar uma “Sugestão do Dia". Por reserva pode também usufruir um pacote enoturístico que inclui visita à adega, prova de vinhos e almoço (entre €45 e €60). No verão, aproveite para nadar nas águas calmas do rio Douro, uma experiência inesquecível!

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook, no Instagram e no Twitter!