Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Quando o Rei dos Leitões recebe a Mesa de Lemos...

  • 333

Dois chefes, duas paixões pela cozinha e duas regiões gastronomicamente marcantes juntam-se hoje à mesa na Mealhada. Corre-se Portugal numa ementa única, cheia de inspirações

Quando na mesma cozinha se junta o atrevimento do chefe Carlos Fernandes, responsável pela mudança que se vive atualmente na restauração da Mealhada à frente do Rei dos Leitões, e o chefe Diogo Rocha, do premiado Mesa de Lemos, o resultado só pode ser uma refeição única, cheia de sabores genuínos e de uma imensa portugalidade levada à mesa.

Mais do que um jantar, esta reunião dos restaurantes Mesa de Lemos e do Rei dos Leitões é, assumem os chefes, “uma monumental ovação à amizade de dois destinos generosos cheios de desejos e confissões. Colocamos hoje na panela azeite, o que houver na horta, ervas e tudo o que adite sabores”. E avisam que, apesar do leitão ser rei, “hoje o banquete terá outras inspirações”.

Para esta noite, a viagem por Portugal através da gastronomia é apresentada em quatro momentos. Na ementa pode ler-se “Começando…” e “Do Algarve” vem, de forma simples, “O Lavagante”. Acompanha com o vinho D. Santana 2005, harmonização escolhida pelo enólogo Hugo Chaves da Quinta de Lemos e produção da quinta de Silgueiros. Continua o jantar com o “Despinhando…” e “Do Rio Mondego” chega “A Lampreia”, acompanhada por um Tinta Roriz 2008.

Na fase seguinte, ou seja, “Desossando…” vem “Do Caramulo” inevitavelmente “O Cabrito” na companhia de um Quinta de Lemos – Touriga Nacional 2009. Termina-se a refeição “Adoçando…”, tendo origem “Do Pomar” a “Laranja”. Acompanha com um Quinta de Lemos – Geraldine.

Este jantar, no Rei dos Leitões, na Avenida da Restauração, 17, na Mealhada (tel. 231 202 093), onde o Mesa de Lemos é convidado, tem um custo de €40 por pessoa e um número limitado de lugares. É uma oportunidade única para descobrir as propostas de Carlos Fernandes, chefe anfitrião, que já habituou a região a que apesar do "Leitão ser Rei", não é quem se centra ao trono deste templo gastronómico. A carta regular é abrangente e inovadora, com apontamentos gourmet que causam surpresa quando apresentados à mesa.

Já Diogo Rocha, o jovem chefe à frente do Mesa de Lemos, foi o vencedor do prémio Revelação de 2015 do guia Boa Cama Boa Mesa, recebendo no ano a seguir o Garfo de Ouro que distingue os 25 melhores restaurantes nacionais.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook, no Instagram e no Twitter!