Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Praia da Luz: Cozinha de autor a brilhar na Foz

  • 333

Praia da Luz

LUCILIA MONTEIRO

Há uma nova luz - a brilhar intensamente - sobre um local ímpar da Foz.

É um lugar especial. Recolhido da agitação da cidade que passa logo ali em cima, na movimentada avenida do Brasil, a Praia da Luz, com o seu restaurante e a ampla esplanada, são já um refúgio ímpar deste lado da cidade, equilibrados entre as rochas, mesmo em cima do mar. O convite é para fruir da natureza e relaxar ao ritmo do mar em plena cidade.

Agora - desde novembro de 2016 - o Praia da Luz (Praia da Luz, Porto. Tel. 226 173 234) acrescentou um novo brilho a este espaço já de si tão apetecível, faça chuva ou faça sol. Por cima do restaurante nasceu um novo piso que acolhe outro restaurante, de cozinha de autor e vista expandida sobre o oceano. Ajuda o amplo terraço e a parede envidraçada sobre o mar.

A decoração sóbria, com as madeiras a dominarem paredes e mobiliário, apenas com alguns apontamentos de ouro, com assinatura de Paulo Lobo, ligam bem com a luz intensa que chega à sala num dia de sol.

Na mesa a criatividade ganha terreno logo no couvert e prolonga-se nas entradas, servidas em tamanho generoso, sempre para partilhar: Tártaro de bacalhau com creme frio de tomate (€9); Humus com legumes na brasa e azeite fumado (€9); Ceviche de garoupa (€9); Ovas de sardinha (€22,50) ou Carpaccio de rosbife (€13) são algumas boas - e bem apresentadas - opções da primeira parte da carta.

Porque o romance liga bem com este ambiente recatado e tranquilo, a estética dos pratos - e até alguma mise en scène - como no caso do Húmus com legumes braseados - é um ponto forte da casa.

Mais leves as saladas - de beterraba com gorgonzola e pêra bêbeda ou tépida de cogumelos e agrião (ambas a €14), mais densos os pratos de peixe, marisco e carne, são apresentados nas versões para uma ou duas pessoas ou para duas ou três, algumas só disponíveis neste último formato, consoante se prefira deambular pela carta a picar aqui e ali ou seguir rumo definido.

Cataplana de peixes e mariscos (€45/); Feijocada de polvo com arroz basmati (€35); Tomahawk na brasa (€45) e Posta à mirandesa (€35), todos para duas/três pessoas, são opções a tender para o lado mais tradicional da carta.

Nas sobremesas (também em versões L qb para partilhar) ganham adeptos a Banana e Caramelo (Banana caramelizada, gelado de caramelo salgado, chocolate e crumble de maçã); a Quase conventual (Bolo ensopado de laranja, creme de laranja, ovos-moles e massa folhada com canela) ou Leite creme e morangos (Leite-creme, morangos, fios de ovos e kataiffi crocante), todas a €6,50.

O chefe Luís Américo empresta o seu talento e criatividade à carta deste novo restaurante Praia da Luz, cuja variedade casa bem com as mais de 80 referências da lista de vinhos, com privilégio para o Douro e pequenas produções.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook, no Instagram e no Twitter!