Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Mundet Factory: À descoberta dos sabores do mundo

  • 333

Joao Lamancha Valente

Na icónica Mundet, no Seixal, agora reconvertida, nasceu um restaurante da responsabilidade do chefe João Macedo, cuja ementa percorre os quatro cantos do mundo.

O chefe João Macedo acaba de abrir o seu primeiro restaurante, o Mundet Factory. Depois da participação no concurso MasterChef, que o tornou conhecido do grande público, João Macedo dá agora nova vida aos antigos refeitórios da Mundet, um dos espaços mais emblemáticos do concelho do Seixal.



Com capacidade para 70 pessoas, esta aposta do chefe é um convite à descoberta de sabores do mundo. Da variada oferta destacam-se as Pizzas a lenha (entre €8,50 e €11) e o suculento Naco com molho chimichurri (€16), tradicional na cozinha argentina. Mas na Mundet Factory a ementa não se fica por estas duas abordagens. Para os apreciadores da gastronomia mexicana estão disponíveis os tradicionais Tacos (€8), enquanto os Mexilhões à la creme (€7,50) representam os sabores da Bélgica. O Choco negro com açorda de coentros (€12) presta homenagem aos sabores nacionais. Para finalizar e adoçar a boca, a ementa inclui Brownie de ginja com algodão-doce (€5,50) e Arroz-doce cremoso com crumble de cacau (€4,00). Em contraponto com a gastronomia do mundo, para acompanhar estes pratos, o restaurante da Mundet Factory aposta numa carta de vinhos que privilegia regiões e produtores nacionais.

A juntar ao espaço há também um bar, ideal para quem espera pela refeição ou mesmo para beber apenas um copo. Aqui a aposta vai para os Cocktails com mixologia moderna, sendo que a oferta se estende também a diversos Mocktails e Sumos detox. Como não poderia deixar de ser, o Gin também consta na lista que pretende dispor de mais de vinte marcas diferentes e um vasto conjunto de botânicos que conferem um toque especial a esta bebida.

Recorde-se que a Mundet & Sons foi inaugurada no Seixal, em 1905, e chegou a empregar mais de três mil pessoas, tendo sido considerada a maior empresa do setor corticeiro mundial. Ao encerrar em 1988 manteve os refeitórios que se tornoram um local de destaque e palco de diversas atividades culturais. Hoje, o espaço acolhe também este apelativo restaurante.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook, no Instagram e no Twitter!