Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Chefs improváveis no Eleven: Poiares Maduro, um ex-ministro agarrado aos tachos

  • 333

Restaurante Eleven

Francisco Manuel Mendes

O título, em jeito de brincadeira, chama a atenção para a mais recente iniciativa do premiado restaurante Eleven, em Lisboa. O antigo ministro de Passos Coelho vai preparar um jantar especial, ao lado do chefe Joachim Koerper.

Políticos e boa mesa, de uma forma mais ou menos secreta, sempre fizeram parte da mesma equação. Basta recordar, a título de exemplo, o artigo publicado em finais de 2015: Restaurantes e políticos: As mesas onde se decide o futuro de Portugal.

Esta noite, o restaurante Eleven (Garfo de Ouro, na edição 2016 do guia Boa Cama Boa Mesa e que, recentemente renovou a sua estrela Michelin) estreia um novo formato de eventos, com o primeiro jantar com “Chefs Improváveis”. O primeiro convidado a ir para a cozinha é Miguel Poiares Maduro, uma das estrelas do governo de Pedro Passos Coelho, com a tarefa, na época, de substituir Miguel Relvas. Foi, então, Ministro-Adjunto e do Desenvolvimento Regional. Terá dito, a certa altura que “cozinhar é mais fácil do que governar”. Deve-se a Poiares Maduro a institucionalização do Dia Nacional da Gastronomia Portuguesa, cuja primeira edição decorreu já sob a tutela do governo de António Costa. Ainda assim, importa recordar uma das justificações para a criação deste dia: “A gastronomia consegue ser também uma das mais importantes alavancas da economia do País, porque a gastronomia e os setores que lhe estão associados, representam cerda de 20% do PIB”.

Políticas à parte, Poiares Maduro foi mostrando, discretamente e sempre a título pessoal, o seu apoio a diversas iniciativas relacionadas com a gastronomia e comentando (também já o mostrou) os seus conhecimentos e prática na arte dos tachos e panelas.

Esta noite, pela primeira vez, em público, o ex-ministro Poiares Maduro assume-se como chefe e, ao lado de Joachim Koerper, o dono da cozinha do restaurante Eleven, em Lisboa, prepara um jantar a quatro mãos, composto por quatro pratos (€89, sem bebidas). O menu começa com o habitual amuse bouche, seguido da primeira proposta de Poiares Maduro: Falso ovo de queijo e gema com trufa. Depois, é a vez de Koerper levar à mesa Raviollis de “Carbonara” com esparregado de espinafres e cogumelos selvagens e Vazia de “Black Angus”, com maís (espécie de milho) fumado, batata-doce, molho de vinho tinto e pimenta negra. Para fechar, este primeiro jantar de “Chefs Improváveis”, o ex-ministro sugere, como sobremesa, Fondant de marmelada, com sorvete de marmelo e mousse de requeijão.

Caso ainda existam lugares, as reservas para este jantar podem ser feitas através do telefone 213 862 211 ou do e-mail: 11@restauranteleven.com.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook, no Instagram e no Twitter!