Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Restaurante Laurentina: Celebrar os 40 anos do Rei do Bacalhau

  • 333

O nome remete para Moçambique e até há na carta dois pratos com sabor africano. Mas, neste restaurante no centro de Lisboa o “Fiel Amigo” é a estrela da ementa e é servido de quase todas as maneiras

No restaurante Laurentina, o bacalhau não tem segredos. É tratado de forma simples e confecionada segundo receitas tradicionais, chegando à mesa de quase mil e uma maneiras. A única constante é a qualidade do peixe e o saber adquirido ao longo dos anos pela equipa de cozinha. Quando entra na cozinha, o bacalhau, é dividido em quatro partes e, consoante a grossura, usado em pratos diferentes.

A história deste restaurante Laurentina – O Rei do Bacalhau começa em São Jorge da Beira, onde António Francisco Pereira, o proprietário aprendeu a cozinhar. Em Lourenço Marques, a atual Maputo em Moçambique, aprimorou o temperos e a arte da confeção, regressando a Lisboa em 1976. A 19 de abril de 1987, um domingo de Páscoa, inaugura as atuais instalações do Restaurante Laurentina – O Rei do Bacalhau.

O “Fiel Amigo”, como já se percebeu, domina a carta do Restaurante Laurentina – O Rei do Bacalhau na Avenida Conde Valbom, 71A, em Lisboa (Tel. 217 960 260). Há Pataniscas de Bacalhau, servidas com arroz de feijão ou arroz de tomate (€12,60), Bacalhau Lascado Especial, com batatas assadas “a murro” (€14,80) e que é o prato de eleição dos clientes da casa e ainda Bacalhau à Brás (€12,80).

O Bacalhau à Laurentina, feito com bacalhau alto assado, broa, batata “a murro” e verdura salteada (€16,60) é outro dos símbolos da casa, bem como os Rabos de Bacalhau (€9,80) e a tradicional Couvada de Bacalhau à Pereira da Laurentina (€17,80), confecionado à maneira da Beira Interior. A evocar a experiência adquirida em MoçambiqueCaril de Galinha (€12,80) e ainda Camarão Grelhado à Moçambicana (€36,50) mas somente ao jantar. Para quem não aprecia pratos de bacalhau ou de inspiração moçambicana no Restaurante Laurentina – O Rei do Bacalhau há sempre Lombo de Porco Assado (€9,80), Cabrito Assado no Forno (€18,50) e o Bife à Laurentina (€18), simples, acompanhado com batata frita e legumes.

Para assinalar os quarenta anos de portas abertas o Restaurante Laurentina - O Rei do Bacalhau recebeu de presente um quadro que representa um bacalhau fresco vestido com um manto real, personificando um distinto Rei do Bacalhau da autoria de Catarina Rosa e que pode ser apreciado na sala do restaurante.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook, no Instagram e no Twitter!