Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Restaurante Il Gallo D’Oro: As novas estrelas de Benoît Sinthon

  • 333

Neve de Foie Gras

Henrique Seruca

Não há na ilha da Madeira restaurante mais premiado. E, (boas) razões não faltam para elogiar o trabalho realizado por Benoît Sinthon à frente do Il Gallo D’Oro, o principal espaço gastronómico do hotel The Cliff Bay, localizado no Funchal. Galardoado com um Garfo de Ouro, pela edição 2016 do guia Boa Cama Boa Mesa, recentemente, o Il Gallo D’Oro foi também distinguido, pela primeira vez, com duas estrelas Michelin.

“A cada ano que passa a carta do mais premiado restaurante madeirense assume-se como mais ousada, mais atrevida, mas ao mesmo tempo, mais cheia de sabores regionais trabalhados de forma única e exemplar. Com o tempo, este chefe já madeirense de coração, chama seus os produtos insulares, apresentando-os de forma deslumbrante, com cada carta a conseguir surpreender em relação à anterior. Naturalmente que o palco onde a magia acontece também tem interferência. A sala é luxuosa e a vista que entra pelas janelas do frondoso jardim ajudam a compor o cenário, bem como serviço exemplar e discreto”, pode ler-se no guia Boa Cama Boa Mesa.

Com uma carta renovada quatro vezes por ano, chegou a vez de conhecer as propostas do chefe francês, nascido em Marselha, para o outono ameno do Funchal, com os produtos regionais a funcionarem como estrelas nesta nova temporada gastronómica. Antes de conhecer a nova carta, refira-se que o Il Gallo D’Oro apenas serve ao jantar e que a melhor forma de conhecer o trabalho do chefe é através de um dos três menus disponíveis: Top Experience, com seis pratos (€165, com possibilidade de harmonização de vinhos por mais €73), All Times Greatest Flavours, com cinco pratos (€130) e que percorre as melhores criações de Benoît desde 2012, e The Signature Menu, com quatro pratos (€105).

Nesta nova carta promete-se uma “viagem pela cozinha sensorial, de evolução, de aromas, inspirado no mercado, no Oceano Atlântico e na Ilha da Madeira”, destacando-se, nas entradas, “Lagostim XL”, com cuscus de couve-flor e manga, maçã Granny Smith e wasabi (€31) e “Bola d’Oro”, composta por falsa cereja, tártaro de peixe e lulas da ilha (€44,50). Referência ainda para uma brincadeira de temporada: “Memórias do Halloween” (€34,50), na verdade, um risotto de abóbora e trufas da estação.

Nos peixes, a nova carta do Il Gallo D’Oro, além da aposta no Peixe de costa (dependente da oferta do mar), com tentação de legumes da horta, creme de lentilhas e beluga (€43,50), sugere “Carabineiro Português” (€54,50), com papa de milho e creme agrião, lima kaffir com fava tonka. Já nas carnes, o destaque de época vai para o “Leitão, com sabores natalícios e do pinheiro” (€44,50). Este espírito prolonga-se nas sobremesas, com “O Ramo de Pinho Mágico”, composto por cinco surpresas (€26), mas em alternativa, elogia-se a Madeira, com “Finger Tropical” (€15,50), preparado com creme Chiboust de maracujá, sorvete de chocolate Caramelia.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook, no Instagram e no Twitter!