Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Açores: os melhores restaurantes de São Miguel

  • 333
Restaurante da Associação Agrícola
1 / 13

Restaurante da Associação Agrícola

Cervejaria Sardinha
2 / 13

Cervejaria Sardinha

Restaurante TN
3 / 13

Restaurante TN

Tasca
4 / 13

Tasca

A Colmeia
5 / 13

A Colmeia

À Terra Fornaria
6 / 13

À Terra Fornaria

Alabote
7 / 13

Alabote

Anfiteatro
8 / 13

Anfiteatro

Areais
9 / 13

Areais

100 Espinhas
10 / 13

100 Espinhas

11 / 13

Paladares da Quinta
12 / 13

Paladares da Quinta

Restaurante da Associação Agrícola
13 / 13

Restaurante da Associação Agrícola

Tradicionais, requintados, urbanos ou com vista para o oceano, todos estes espaços enaltecem os sabores e os produtos genuínos do arquipélago.

Tradicionais, requintados, urbanos ou com vista para o oceano, todos estes espaços enaltecem os sabores e os produtos genuínos do arquipélago.

O pretexto para fazer uma visita à Ilha de São Miguel pode ser o "10 FEST Açores 10 dias, 10 chefs" que decorre até 2 de julho no Anfiteatro, o restaurante da Escola de Formação Turística e Hoteleira de Ponta Delgada. Mas bem vistas as coisas, todas as razões são válidas para cruzar o Atlântico e aterrar nos Açores e perceber a razão pela qual as nove ilhas são um dos mais atrativos destinos de férias internacionais. Faça as malas e parta à descoberta dos melhores restaurantes da Ilha de São Miguel, segundo a seleção do guia Boa Cama Boa Mesa.

Anfiteatro
Este é um local de passagem obrigatório no arquipélago para quem procura encontrar o passo seguinte no que à gastronomia regional diz respeito. Desde logo é a Unidade de Aplicação da Escola de Formação Turística e Hoteleira local, garante de inovação e criatividade. Depois, devido ao sangue na guelra dos jovens formandos, garante experiências únicas. Na zona lounge, no piso térreo ou na esplanada pode experimentar diversos snacks e refeições mais ligeiras, do sushi ao provocador hambúrguer de lula e chicharro. No piso superior, com uma excelente vista para a baia, os menus são verdadeiros ensaios gastronómicos a partir dos excelentes produtos locais que podem ser descobertos através de três menus de degustação. Prove o pastel de massa tenra de costeletão com molho rouille ou as sopas do Espírito Santo. Preço médio €30.
Avenida Infante D. Henrique, Portas do Mar, Ponta Delgada, Tel. 296 206 150

Restaurante da Associação Agrícola
Este é, provavelmente, o melhor local em todo o arquipélago para comer a genuína carne açoriana. De grandes dimensões, serve apenas pratos de carne, de forma simples, como que a potenciar a excelência do produto servido. O bife, com 400 gramas, é apenas feito na frigideira, com alho e pimento, servido com batatas às rodelas e legumes. Um festival de sabores no palato, ainda por cima a um custo relativamente baixo. Atenção que o meio bife tem "apenas" 300 gramas. Preço médio €15.
Recinto da Feira, Campo de Santana, Rabo de Peixe. Tel. 296 490 001

Tasca
O conceito é diferente, juntando música, arte ao vivo e gastronomia regional, tudo no mesmo espaço. Oferece um ambiente de verdadeira tasca tradicional, com mesas de madeira e prateleiras com a vasta garrafeira à vista de toda a gente. A barriga de atum com batata assada, inhame e legumes é um dos bons exemplos regionais que se podem encontrar na carta, tal como os enchidos e as lapas, que tanto dão como dose principal como para partilhar entre amigos. Observe com atenção as paredes e deixe-se deslumbrar com a criatividade dos artistas convidados com regularidade para expor na sala de refeições. Preço médio €15.
Rua do Aljube, 16, Ponta Delgada. Tel. 296 288 880

Areais
Logo em frente ao restaurante há um quilómetro de praia privativa, com as ondas a embalarem as refeições e a ajudarem a que o tempo custe a passar. À mesa não chega comida tradicional. Chegam os produtos típicos, feitos e servidos de forma singular, elevando o serviço a um patamar diferente do habitual. Há ceviche de gambas, servido numa lima, filetes de abrótea em cama de abóbora, sultanas e alga Wakame e ainda ovo a baixa temperatura com crocante de bolo lêvedo, queijo creme e alho-francês. Aproveite para descobrir a excelência do sushi e para se deslumbrar com as harmonizações, sempre que possível feitas com vinhos da ilha. Preço médio: €25.
Santa Bárbara Eco Beach Resort, Estrada Regional 1, 1.º, Morro de Baixo, Ribeira Grande. Tel. 296 470 360

Cervejaria Sardinha
Em Ponta Delgada toda a gente conhece este espaço como a Tasca do "Mané Cigano". Espaço pequeno, torna-se exímio à hora das refeições, devido à grande procura por parte quer dos locais quer dos turistas que tentam a sorte e enfrentam longas filas à espera de um local sentado, numa das quatro mesas, cada uma com seis cadeiras. Aqui come-se comida regional, de tacho, com os chicharrinhos fritos com farinha, a serem acompanhados por um refogado de feijão com tomate com orelha de porco, acabado no forno. Chegam na companhia de uns "netos", umas bolinhas de farinha de milho que fritam juntamente com os chicharros. Experimente ainda a carne guisada e as lapas. Preço médio €15.
Rua Engenheiro José Cordeiro, 1, Ponta Delgada. Tel. 296 285 765

A Colmeia
Da sala de refeições avista-se a piscina deste hotel de charme, tranquila e a convidar a uns mergulhos. No entanto, dentro deste restaurante a sensação proporcionada pelo atendimento, pelo ambiente e pelos pratos propostos na carta é igualmente digna de atenção ponderada. Há filetes de abrótea com laranja e funcho, trouxas de lapas de molho Afonso, cataplana de cherne e alcatra com arroz e massa sovada. Deixe-se, na hora da harmonização, ficar nas mãos experientes do chefe de sala, competente e capaz de surpreender. Só serve jantares. Preço médio €25.
Hotel do Colégio, Rua Carvalho Araújo, 29, Ponta Delgada. Tel. 296 306 600

Paladares da Quinta
Não é mentira dizer que este, tecnologicamente, é o mais avançado restaurante do arquipélago e provavelmente do país. A carta está num tablet, diretamente ligado à cozinha, com explicações detalhadas dos pratos disponíveis no dia, com fotografias, receitas e até o valor nutricional de cada um. A aplicação foi desenhada de propósito para este restaurante, o que faz com que seja impossível encontrar em qualquer outro local. O serviço é de excelência, bem como a localização, perfeita, no meio do verde da ilha e a dois passos do mar. O cabrito assado e a abrótea no forno a lenha são excelentes opções. Preço médio €25.
Canada de Santa Bárbara, 40, Lagoa. Tel. 296 965 306

Alabote
O nome vem de uma expressão açoriana que significa "toma o barco e anda". Só que no caso deste restaurante o verdadeiro significado é "senta-te e saboreia os deliciosos manjares que os Açores têm para oferecer". Num edifício que cruza o rústico com o moderno e onde a esplanada assume natural protagonismo graças à proximidade com o passeio marítimo, esmera-se a servir peixe fresco e mariscos, como os cavacos, a lagosta e as gambas. Há outras hipóteses na carta, como a morcela com ananás e o bife à Micaelense. Os vegetarianos não foram esquecidos e têm há disposição arroz de caril com legumes assados e legumes à Braz. Preço médio €15.
Largo East Providence, 68, Ribeira Grande. Tel. 296 473 516

Restaurante TN
O ambiente é Art Deco, cheio de requinte e sofisticação. O serviço é adequado, discreto e funcional, a fazer brilhar os excelentes pratos que saem da cozinha e a decoração exterior, vinda dos fenomenais jardins da propriedade. Especializou-se no cozido nas caldeiras à moda das Furnas, nos filetes de abrótea com molho tártaro, no bife de vaca à regional e ainda na caldeirada de bacalhau nas Caldeiras, que apresenta de forma requintada, a lembrar a cozinha francesa. Deixe espaço para que o chefe de sala lhe possa propor, verdadeiras preciosidades da garrafeira, alcançadas ao longo de anos de escolhas acertadas. Preço médio: €25.
Terra Nostra Garden Hotel, Rua Padre José Jacinto Botelho, 5, Furnas. Tel. 296 549 090

À Terra Fornaria
Este é um restaurante inspirado nos frutos da Natureza, num regresso às origens e aos genuínos sabores do arquipélago, apesar das influências estrangeiras, perfeitamente adaptadas à realidade açoriana. Explicando melhor, há produtos genuínos com influência da cozinha italiana, não estivesse o forno a lenha bem à vista. Assim, espere encontrar pastas, pizas, bruschettas e ainda vários assados e grelhados, preparados de forma tradicional. O hambúrguer de carne açoriana, servido com estaladiças batatas fritas e salda regional, é, de forma simples, a melhor maneira de testar o potencial da casa. Os queijos da Ilha derretidos sobre as massas e as pizas são verdadeiramente fenomenais. Preço médio €25.
Avenida Dr. Manuel de Arriaga, Furnas. Tel. 296 249 200

100 Espinhas
Alberga-se no complexo das Galerias do Mar, junto à principal entrada marítima do arquipélago. Está, portanto, virado para o mar, como que a dizer que é das águas em frente que retira a matéria-prima que faz chegar com mestria, todos os dias, à mesa dos clientes. O peixe do dia, seja o espadarte, o atum, o cherne ou a lula, é apresentado segundo a criatividade da cozinha, sempre de forma atraente e sofisticada. No inverno só servem jantares, enquanto no tempo quente a esplanada é o local perfeito para refeições demoradas. Tente-se com propostas arrojadas, como os filetes de espada-preto com molho beurre noisette. Preço médio €15.
Portas do Mar, loja 5, Ponta Delgada. Tel. 296 098 485