Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Taberna Ó Balcão: Onde o Ribatejo se serve à mesa!

  • 333
Rabo de Toiro Bravo com Puré de Favas
1 / 13

Rabo de Toiro Bravo com Puré de Favas

Mario Cerdeira

Rodrigo Castelo
2 / 13

Rodrigo Castelo

Taberna Ó Balcão
3 / 13

Taberna Ó Balcão

Carlos Janeiro

Picadinho de Peixe do Rio Tejo
4 / 13

Picadinho de Peixe do Rio Tejo

Mario Cerdeira

Taberna Ó Balcão
5 / 13

Taberna Ó Balcão

Lascado de Toiro Bravo e Queijo de Cabra
6 / 13

Lascado de Toiro Bravo e Queijo de Cabra

Mario Cerdeira

Escabeche de Ovas de Lampreia com Lampreia
7 / 13

Escabeche de Ovas de Lampreia com Lampreia

Mario Cerdeira

Sopa de Peixe do Rio com Ovas de Barbo
8 / 13

Sopa de Peixe do Rio com Ovas de Barbo

Mario Cerdeira

Bacalhau Assado com Magusto
9 / 13

Bacalhau Assado com Magusto

Mario Cerdeira

Melão com Compota de Pimento Assado e Nogat de Pevide de Abóbora
10 / 13

Melão com Compota de Pimento Assado e Nogat de Pevide de Abóbora

Mario Cerdeira

Celeste, doce conventual típico de Santarém
11 / 13

Celeste, doce conventual típico de Santarém

Mario Cerdeira

Taberna Ó Balcão
12 / 13

Taberna Ó Balcão

Taberna Ó Balcão
13 / 13

Taberna Ó Balcão

Afirma-se em Santarém e na gastronomia nacional. Rodrigo Castelo soube pegar na tradição e reinventá-la. O primeiro menu de degustação assim o demonstra.

Afirma-se em Santarém e na gastronomia nacional. Rodrigo Castelo soube pegar na tradição e reinventá-la. O primeiro menu de degustação assim o demonstra.

O nome, Taberna Ó Balcão, deixa logo antever que a ideia inicial do chefe Rodrigo Castelo, quando abriu este restaurante quase no centro de Santarém, era manter as tradições da região. E a sala de refeições confirma, com toiros e toureiros nas paredes, peças antigas pela decoração e um balcão, daqueles em pedra das tabernas de outros tempos, a receber os clientes à entrada.

Mas mal se olha para a cozinha, e em especial para o menu de degustação - recentemente apresentado com o nome de “Ribatejo” -, fica-se de imediato com a certeza que o tempo mudou e que esta Taberna Ó Balcão é, provavelmente, o símbolo maior da vitalidade gastronómica da cidade de Santarém. Pela janela por onde se avista a cozinha saem pratos repletos de tradição, mas feitos com modernidade, técnica apurada e sabores honestos, capazes de surpreender qualquer um.

Rodrigo Castelo é, naturalmente, o “maestro” e o “compositor” desta afinada orquestra que dá pelo nome de Taberna Ó Balcão. Nascido em Santarém, ainda passou por uma carreira na indústria farmacêutica, mas o apelo dos temperos falou mais alto. Em outubro de 2013 abriu as portas deste projeto e desde então não tem parado de surpreender. Atinge o ponto mais alto com este novo menu, composto por sete pratos, sendo um deles surpresa do chefe e disponível apenas por encomenda para um mínimo de quatro pessoas, por €40 cada uma. Mas vale a pena juntar um grupo de amigos e experimentar esta visão do Ribatejo, sob o prisma do chefe.

A aventura começa com um “Picadinho de Peixe do Rio Tejo” e um “Lascado de Toiro Bravo e Queijo de Cabra Isto é Ribatejo’’ nas entradas. Segue-se a “Sopa de Peixe do Rio com Ovas de Barbo”, já antes dada a conhecer e impossível de não incluir na degustação. Abre caminho ao típico “Bacalhau Assado com Magusto” e ao “Rabo de Toiro Bravo com Puré de Favas”, prato este símbolo maior do trabalho até agora realizado com esta variedade de carne.

Chega depois a surpresa do chefe, em verdade nesta época pouco secreta, mas digna de prova mesmo pelos que insistem não apreciar. Fala-se, por ser época dela, da lampreia e sendo este também um peixe do Tejo, é servida como “Escabeche de Ovas de Lampreia com Lampreia”.

No capítulo das sobremesas, há também criações de assinatura, compostas por gelado, que podem ser ou “Melão com Compota de Pimento Assado e Nogat de Pevide de Abóbora”  ou de “Tomate de Azambuja com Flor de Sal de Rio Maior e Poejo”. Os gelados são feitos pela Pascoalini, empresa igualmente de Santarém e à qual Rodrigo Castelo, se juntou como embaixador da gama “Sabores do Ribatejo by Pascoalini”. Termina tudo, invariavelmente, com um “Celeste”, doce conventual típico de Santarém, a fazer companhia ao café.

Este menu de degustação “Ribatejo”, como já referido, tem um preço de €40 e está sujeito a marcação prévia e para um mínimo de quatro pessoas. Pode ser acompanhado por uma seleção de vinhos, brancos, tintos e licorosos, sempre da região do Tejo com um custo adicional de €20 por pessoa.

Restaurante Taberna Ó Balcão
Rua Pedro de Santarém, 73
Santarém
Tel. 243 055 883

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!