Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

La Liste: Os melhores restaurantes do mundo, sem concessões, restrições ou desvios

  • 333
Restaurante Ocean
1 / 5

Restaurante Ocean

Restaurante Vila Joya
2 / 5

Restaurante Vila Joya

Hans Neuner
3 / 5

Hans Neuner

José Avillez
4 / 5

José Avillez

Quinta das Lágrimas
5 / 5

Quinta das Lágrimas

Milhares de chefes e proprietários de restaurantes foram contactados para fazerem a avaliação confidencial dos guias do seu país. As fontes mais rigorosas foram consultadas e cruzadas. O resultado foi publicado nos últimos dias de 2015.

Milhares de chefes e proprietários de restaurantes foram contactados para fazerem a avaliação confidencial dos guias do seu país. As fontes mais rigorosas foram consultadas e cruzadas. O resultado foi publicado nos últimos dias de 2015.

Discretamente, ao longo dos últimos meses, milhares de chefes de cozinha e proprietários de restaurantes dos cinco continentes foram contactados, pela internet, para fazerem a avaliação confidencial dos guias do seu país. As fontes mais rigorosas foram consultadas e cruzadas. No caso português, o Boa Cama Boa Mesa foi o único guia, de produção nacional, a servir de base para esta avaliação. Acrescentando-se, apenas, a edição para Espanha e Portugal do Guia Michelin. Também contribuíram para este trabalho os comentários e votações publicados em sites internacionais como Tripadvisor, Zomato e Google Reviews, entre outros.

Explique-se que a lista dos melhores do mundo foi conseguida através da convergência de todos os rankings dos melhores da gastronomia, numa grelha objetiva, transparente e internacional. Ou como preferem afirmar: “os mil melhores restaurantes do mundo, sem concessões, restrições e desvios”. Os organizadores explicam ainda que a La Liste deve ser entendida como um “best of the best”, baseada no modelo de pontuação do circuito ATP de ténis ou no Shanghai Ranking das universidades. Pode saber sobre o método utilizado e quais os melhores restaurantes do mundo na página oficial de La Liste. Gerido pela associação “Les Tables des cinq continents” e apoiado por vários patrocinadores, o projeto La Liste foi criado por uma equipa multidisciplinar, desenvolvido a partir do seu fundador, o embaixador e presidente da Atout France (Turismo de França), Philippe Faure, com a participação de críticos gastronómicos, jornalistas e diversos especialistas.

Antes de conhecer quais os sete restaurantes portugueses que integram esta lista, fique a saber que a La Liste, elege como melhor do mundo o restaurante do Hôtel de Ville, em Crissier, na Suiça, seguido do Per Se, localizado em Nova Iorque, e do japonês Kyo Aji, em Tóquio. Na lista encontram-se restaurantes dos cinco continentes.

Os Portugueses...

O primeiro português desta lista, na posição 76, é o restaurante Ocean (Garfo de Ouro, na edição 2015 do guia Boa Cama Boa Mesa), espaço liderado por Hans Neuner, no algarvio Vila Vita Resort (Chave de Platina, em 2015) e o único dos nacionais que integra o Top 100. Segue-se, o lisboeta Belcanto, de José Avillez (Garfo de Ouro, em 2015), em 101º lugar, e o Vila Joya, de Dieter Koschina (Garfo de Ouro, em 2015), na posição 142. Na La Liste seguem-se, na 184.ª posição, o restaurante Fortaleza do Guincho (Garfo de Ouro, em 2015), e no lugar 265, o madeirense, Il Gallo D’Oro (Garfo de Ouro, em 2015), instalado no hotel The Cliff Bay. Na segunda metade da tabela, surgem em 504.º, o restaurante Arcadas, na Quinta das Lágrimas, em Coimbra, e em 506.º o espaço algarvio Henrique Leis (Garfo de ouro, em 2015), liderado pelo chefe com o mesmo nome.

E Mais!
Boa Cama Boa Mesa 2015: Conheça os grandes vencedores
Estrelas Michelin 2016: Portugal igual, mas diferente…

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!