Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Cozinheiro do Ano 2014: António Loureiro é o grande vencedor!

  • 333
1 / 6

2 / 6

3 / 6

4 / 6

5 / 6

6 / 6

Já é conhecido o novo detentor do troféu. Um júri de eleição, distinguiu o chefe do Meliá Braga Hotel & Spa.



Já é conhecido o novo detentor do troféu. Um júri de eleição, distinguiu o chefe do Meliá Braga Hotel & Spa.

António Loureiro, chefe de cozinha do Meliá Braga Hotel & Spa  e, por consequência, do restaurante El Olivo, foi consagrado Chefe Cozinheiro do Ano 2014, na 25ª edição do maior concurso nacional de cozinha para profissionais, organizado pelas Edições do Gosto.

António Loureiro conquistou o troféu com uma ementa composta por uma entrada, a que chamou “Horta e Capoeira”, por um prato de peixe nomeado de “Bacalhau Negro”, por um prato de carne intitulado “O Ossobuco, a Moleja e o Coração” e por uma sobremesa, batizada de “Feira Popular”.

O presidente do painel de jurados, Nuno Mendes, chefe de cozinha do restaurante Chiltern Firehouse, localizado em Londres, justificou a entrega do galardão devido ao “Aroma, sabor, intensidade, criatividade e a um enorme respeito pela essência, nobreza e qualidade dos ingredientes”, e ainda à “consistência das técnicas demonstradas ao longo de todo o concurso, isto sem nunca esquecer toda a sua bagagem e experiência enquanto cozinheiro”. Fizeram parte do Júri do concurso os chefes Leonel Pereira, Henrique Sá Pessoa, João Rodrigues, Nuno Diniz, Orlando Esteves e Helmut Ziebell.

No segundo lugar do Concurso Cozinheiro do Ano 2014 ficou Ivo Brandão, da Pousada de Alcácer do Sal, e na terceira posição, Rui Martins, do Hotel Rali. O Prémio Helmut Ziebell, para a melhor sobremesa, foi atribuído à criação “Portugal de Verão” de António Barros, do restaurante O Talho.

O vencedor, além do título de Cozinheiro do Ano 2014, vai estagiar no Restaurante Azurmendi, distinguido como o restaurante mais sustentável do mundo pelo The World´s 50 Best Restaurants.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook!
*Este texto foi escrito nos termos do novo acordo ortográfico.